foco futuro

Coaching é um processo que visa contribuir para a ampliação da performance pessoal e profissional de um indivíduo ou de uma equipe.

Resumidamente coaching é um processo que visa contribuir para a ampliação da performance pessoal e profissional de um indivíduo ou de uma equipe. Esse objetivo é atingido a partir de uma série de conceitos, questionamentos incisivos e técnicas de desenvolvimento humano passadas pelo coach (profissional) ao coachee (cliente), para que este melhore suas competências profissionais e pessoais. Com foco no futuro, o método visa levar o coachee do ponto em que ele está até a sua meta.

A evolução do conceito

O termo coaching tem origem na palavra inglesa coach, que significa carruagem, por isso, associa-se o processo à ideia de transporte de um lugar a outro. Coaching também pode ser traduzido como treinamento, o que também faz sentido já que, por volta de 1830, coach era o nome dado aos tutores na Universidade de Oxford e, mais tarde, tornou-se a designação dos treinadores esportistas. Hoje a expressão é usada para indicar o profissional capaz de instigar e orientar o desenvolvimento humano em variados campos.

O fundamento científico

O processo está pautado em várias vertentes científicas, como Sociologia, Psicologia e Neurociência, e o papel do coach segue uma metodologia específica, dividida em quatro passos básicos:

1) Auxiliar o coachee a compreender e alinhar as próprias metas.

2) Encorajá-lo a conhecer-se melhor e a potencializar capacidades, bem como descobrir novos talentos.

3) Identificar as estratégias e soluções desenvolvidas pelo próprio cliente.

4) Exigir o comprometimento do coachee com o processo e acompanhá-lo com seriedade.

Diferentemente de um psicólogo ou terapeuta, o coach não tem a pretensão de aprofundar-se nas origens dos problemas enfrentados pelo cliente, mas sim nos objetivos a serem atingidos, visando à elaboração de metas e planos de ação efetivos.

A popularidade do método

Por mostrar-se muito eficaz, o coaching tem-se tornado cada vez mais popular e já é utilizado como artifício para a obtenção de bons resultados em diferentes áreas, como emagrecimento, saúde, relacionamento, finanças e carreira.

Cada vez mais comum no ambiente corporativo, o procedimento tem sido muito requisitado por executivos para o desenvolvimento de gestões mais eficazes e para a criação de equipes de alta performance, com o intuito de ampliar a produtividade e consequentemente as vantagens competitivas das organizações.

Credibilidade ameaçada

Com a alta demanda, o setor se mostra muito atrativo e o número de cursos de coaching tem crescido bastante. O problema é que nem sempre as instituições estão preparadas para formar bons coaches, e os profissionais que saem delas não estão aptos a aplicar as técnicas com eficiência. Isso, muitas vezes, diminui a credibilidade do processo e das instituições que trabalham de forma séria.

processo aperfeiçoamento

O coaching precisa de uma estrutura eficiente e cientificamente embasada para perpetuar-se.

O futuro do processo

Hoje, no mercado de coaching, existem algumas instituições e profissionais que não estão prontos para colocar em prática tal processo de aperfeiçoamento pessoal e profissional. Para manter-se credível, o processo precisa ser subsidiado por instituições reconhecidamente habilitadas para formar novos coaches, que disponham de cursos completos e de profissionais preparados para trabalhar as competências de indivíduos e de equipes. O coaching precisa de uma estrutura eficiente e cientificamente embasada para perpetuar-se.

Nesse sentido, a Sociedade Brasileira de Coaching é o melhor destino para quem procura um local verdadeiramente capacitado. Reconhecida internacionalmente, a SBCoaching é líder e pioneira nessa área no Brasil e se destaca por seu compromisso com a qualidade, sendo responsável pela formação de mais de 10.000 coaches.