adaptação ambiente corporativo

O ambiente corporativo exige pessoas competentes mas que, principalmente, estejam prontas para se adaptar

A procura por felicidade é quase unanimidade. O primeiro passo para alcançar metas, como a sensação de bem-estar no trabalho e no ambiente familiar, é realizar uma autoavaliação pessoal e profissional de suas competências. A partir disso, vale apostar nas próprias escolhas e habilidades, investindo na potencialização de suas competências.

competências

Motive-se para mudar e crescer

Com o passar do tempo, o mercado tornou-se bastante competitivo. Observa-se uma renovação constante de profissionais. Nesse cenário, a ideia de permanecer em uma única função durante toda a carreira ficou ultrapassada. Hoje o ambiente corporativo exige pessoas competentes mas que, principalmente, estejam prontas para se adaptar. É importante que o funcionário se prepare para as mudanças que possam ser necessárias.

Tão essencial quanto reciclar-se, aprender novas lições e estar apto a evoluir nos cargos é ter capacidade de inovar. Também é preciso conhecer seus pontos fortes e investir neles. Assim, é possível sentir-se seguro o suficiente para tomar decisões importantes.

Valorize seu potencial e suas competências

Um exemplo prático é a capacidade de identificar o seu papel na empresa e saber qual é a melhor hora de pedir uma promoção, por exemplo. Percebendo o próprio potencial, você saberá o quanto o seu trabalho pode ser útil e necessário para os demais. Não se trata de ser arrogante, mas de evocar a responsabilidade para si quando se está habilitado para assumi-la.

capacidade de inovação

A capacidade de inovar é muito importante

Dicas para evoluir

Não existe fórmula para o sucesso pleno. Entretanto, algumas dicas são úteis quando se percebe a necessidade de mudança no comportamento.

– Tente conviver bem com os colegas de trabalho e gostar das atividades que desempenha;

– Dedique tempo a um exercício de autoconhecimento: aprenda a se perceber como pessoa e profissional;

– Busque a compreensão das ações e das palavras para a transformação de atitudes;

– Invista nos pontos positivos para, posteriormente, analisar os resultados altos e baixos e focar nas melhorias;

– Nunca tenha medo de se “autodesafiar”; sempre há algo novo a descobrir.

 Plenitude na profissão e em casa

Atualmente, nota-se a existência de um fluxo intenso de informações que devem ser apreendidas e compartilhadas. Para não se perder nesse mundo de conhecimentos, é importante identificar e potencializar as competências. Quanto mais cedo elas forem reconhecidas, melhor para o colaborador e para a empresa. Porém, é fundamental ter em mente que nunca é tarde para redefinir escolhas e recomeçar. Qualquer momento pode ser tempo de buscar uma vida pessoal e profissional mais completa.