zona de conforto

Sua zona de conforto limita você a ter sucesso na vida?

Muitas pessoas estão insatisfeitas com suas vidas pessoais e profissionais, mas sentem muito medo de mudar e perder o que já foi anteriormente conquistado. A frustração com o problema atual pode ser grande, mas o receio da mudança é ainda maior. Se você se identificou com essa situação, significa que entrou em sua zona de conforto. A zona de conforto pode ser definida como os comportamentos, pensamentos e atitudes que são constantemente repetidos por um indivíduo quando ele já está acostumado com determinada situação.





A zona de conforto representa o que é seguro, previsível e, claro, confortável para a pessoa. Desta forma, classificam-se cenários que não causam nenhum tipo de estresse, ansiedade ou medo, como um trabalho que você já domina ou um casamento de muitos anos. Você pode reconhecer que entrou em sua zona de conforto quando as atividades que exerce, em qualquer esfera da vida, já não ocasionam ansiedade ou não exigem mais nenhum tipo de risco. Neste contexto, sua performance é boa e constante, mas limitada, já que nenhuma tentativa nova (e, por consequência, nenhum erro) é permitida.

 

Os perigos da zona de conforto

Diversas pessoas encontram-se presas em sua zona de conforto, mas não têm consciência deste fato. O ser humano tem a tendência de buscar sempre o que é mais familiar e “fácil”, de modo que gaste o mínimo de energia possível. Este pensamento é especialmente perigoso na carreira: o crescimento profissional demanda certa dose de risco e mudanças constantes, seja uma promoção dentro da empresa, seja abandonar um emprego fixo para se aventurar em um empreendimento próprio.

Além disso, a zona de conforto depende da constância de circunstâncias externas, e isso sempre pode mudar em um ambiente de trabalho. É muito importante que você esteja preparado para encarar novos desafios ou mesmo enfrentar um cenário desfavorável, como uma demissão inesperada ou a insatisfação de um cliente. A vida impõe situações e problemas dos quais não podemos fugir, e um bom profissional deve ser capaz de dar um passo adiante em nome do crescimento pessoal, na carreira ou da família.

 

Liberte-se da sua zona de conforto

Liberte-se da sua zona de conforto

Como sair da zona de conforto

Uma vez ciente dos perigos da zona de conforto, você pode tomar algumas medidas para libertar-se dela:

1) Não tenha medo da frustração;

2) Espere pelo êxito, mas esteja preparado para as falhas;

3) Se nada efetivamente mudou em sua vida profissional e pessoal, não espere resultados diferentes;

4) Entenda quais são seus maiores medos e comece a desafiá-los pouco a pouco;

5) Estabeleça novas metas e trace formas concretas de alcançá-las.