No último fim de semana, a Sociedade Brasileira de Coaching® realizou o treinamento Coaching Alphas. Ao longo de 40 horas de curso, os coaches aprenderam a analisar o Assessment Alpha, ferramenta de análise comportamental que permite identificar o tipo de perfil de liderança de uma pessoa. Os alunos ainda aprenderam a desenvolver ferramentas para trabalhar com os “machos alpha” dentro das empresas, o que garantirá melhor desempenho dos profissionais atendidos e, consequentemente, mais lucros para as corporações.

O que justifica crescimento do coaching no Brasil e no mundo



O sucesso de treinamentos como este levanta algumas questões: por que tantas pessoas procuram os cursos de coaching? E mais: por que o mercado de coaching cresce tanto no Brasil e no mundo?

As respostas para as duas perguntas estão ligadas. O atual ritmo de vida imposto pela sociedade leva a uma série de mudanças nas vidas das pessoas. Um exemplo clássico é o do mercado de trabalho, que exerce tamanha pressão que acaba afetando a vida pessoal. Hoje, muitos casais pensam duas vezes antes de ter filhos, pensando que uma gravidez nesse disputado mundo pode arruinar as finanças e o planejamento familiar. Mesmo a recolocação no mercado de trabalho vem se tornando cada vez mais difícil, devido ao aumento da concorrência de outros profissionais.

É nesse contexto que entra o coach. Ele fará os clientes entenderem que toda decisão vem acompanhada de uma perda, e que isso deve ser levado em conta nos momentos de planejar atividades futuras. No caso de crises, como no exemplo da pressão do mercado de trabalho, o coach dará ao cliente ferramentas para que este aproveite o máximo de seu potencial e descubra capacidades antes reprimidas. O mesmo serve para uma recolocação no mercado de trabalho.

Muitos ainda procuram os cursos como uma maneira de se compreenderem melhor, visando também uma melhor adaptação ao ritmo de vida moderna. Sendo assim, fica mais fácil entender porque essa profissão vem ganhando mais e mais profissionais – e os cursos mais alunos.

Números que apontam o crescimento do coaching no mundo

Apenas no Brasil, o número de coaches cresce numa impressionante taxa de 300% ao ano. No mundo, é um mercado que, apenas em 2009, se expandiu 18%, movimentando quase 2,5 bilhões de dólares.

O que significa ser coach nos dias de hoje?

Ser coach significa fazer parte da profissão do futuro, profissão esta que ajuda a melhorar a qualidade de vida das pessoas. Ser coach também significa contribuir para um mundo melhor.