Posted in:

Saia da Zona de Conforto Com Estas 9 Técnicas Infalíveis

Você certamente já ouviu alguém dizer que é preciso sair da zona de conforto.

Mas o que isso realmente significa e por que essa atitude tem sido considerada tão importante?

Ao desempenhar uma função por muito tempo, a tendência é acabar dominando todos os seus aspectos.

Aos poucos, aquela sensação de frio na barriga some e nada parece ser tão difícil como antes.

Até aí, tudo bem, é parte do processo.

O problema começa quando você acaba mais do que acomodado e não busca fazer nenhum esforço para ir além e virar o jogo.

Tudo parece tão cômodo que você não enxerga os riscos que isso representa.

Que tal começar a mudança agora mesmo?

Vamos ajudar você com algumas dicas valiosas, reunidas ao longo de todo o artigo.

Talvez seja o empurrão que falta para o seu crescimento.

Aproveite a leitura!

Qual é o Significado de Zona de Conforto?

Qual é o Significado de Zona de Conforto
A presença do medo também pode ser traduzida naquele frio na barriga que falamos há pouco e que surge quando somos desafiados a dar o nosso melhor.

Ausência de desafios ou mesmo de medo. Essa é uma das formas de entender o que é zona de conforto.

Você pode estar pensando que, no fim de contas, é algo positivo não sentir medo. Faz sentido, é claro, mas não é uma regra.

Apenas não desconsidere que ele pode ser um elemento fundamental para nos levar além.

Isso porque o medo costuma surgir nos momentos de incerteza ou diante de algo novo, que você ainda não sabe muito bem como lidar.

É o seu inconsciente dizendo que é preciso tomar cuidado – e é nesse ponto que você deve se sobrepor a ele.

Mas a presença do medo também pode ser traduzida naquele frio na barriga que falamos há pouco e que surge quando somos desafiados a dar o nosso melhor.

Um emprego novo, o ímpeto de tirar um antigo projeto da gaveta e colocar a mão na massa, viajar sozinho, fazer diferente.

As possibilidades são muitas e variam de pessoa para pessoa – e a zona de conforto está, justamente, no lado oposto dessas ações.

Ela representa aquela posição confortável e segura, que pode trazer uma aparente sensação de tranquilidade, mas que também não permite que você se desenvolva e vá em busca de novos objetivos.

Na maioria dos casos, ficamos tão inertes que sequer percebemos que paramos no tempo.

Nunca tinha pensado a respeito?

Psicologia e a Zona De Conforto

Psicologia e a Zona De Conforto
Ninguém quer fracassar e essa é sempre uma possibilidade real quando iniciamos algo novo.

Para a psicologia, a zona de conforto é representada a partir de atitudes, pensamentos e comportamentos que repetimos à exaustão.

Eles não são ruins por si só, necessariamente. O que você deve reparar é no quanto limitam as suas chances.

Mas o que nos leva a agir dessa forma e sabotar as nossas próprias oportunidades?

A resposta está no temor da frustração – aliás, esse parece ser o único medo possível para quem vive estagnado, na zona de conforto.

Não se trata de simples preguiça, como muitos podem supor, mas da dificuldade em lidar com o desconhecido.

Afinal, ninguém quer fracassar e essa é sempre uma possibilidade real quando iniciamos algo novo.

Por isso, é preciso parar de subestimar a sua capacidade e confiar naquilo que você pode fazer.

Jamais deixe de acreditar: é por aqui que a mudança começa.

Como Saber Se Sua Zona de Conforto Está Atrapalhando Seus Planos?

Como Saber Se Sua Zona de Conforto Está Atrapalhando Seus Planos
Como vai o seu relacionamento? E que motivos fazem você permanecer nele?

Nem sempre é fácil reconhecer a zona de conforto. Ela pode estar em diferentes âmbitos da sua vida, inclusive.

Vamos pensar em algumas situações que podem ajudar a identificá-la.

Como vai o seu relacionamento? E que motivos fazem você permanecer nele?

Muitas vezes, nos acostumamos tanto com a presença de alguém que apenas seguimos com ela, sem refletir sobre o quanto nos faz bem ou não.

Para muitas pessoas, essa rotina de casal é seguida de maneira automática, sem qualquer questionamento.

Você é do tipo que gostaria de se separar, mas só de pensar na burocracia do processo acaba desistindo? Alerta de zona de conforto.

No trabalho, vale o mesmo raciocínio.

Você tem uma carreira estável dentro da empresa e consegue levar a sua rotina sem nenhum sobressalto? Talvez esteja na hora de pensar o quanto isso custa para o seu futuro.

Aliás, você sabe o que busca para o seu futuro profissional? Que metas deseja atingir?

O problema não é estar há muito tempo em uma mesma empresa, mas seguir nela apenas por comodidade.

Pare e avalie cada situação em que você apenas imaginou que nada daria certo e decidiu deixar tudo como está.

Relembre aquelas vezes em que foi o pessimista da turma diante de uma sugestão.

Pode ser que você encontre indícios de que a sua zona de conforto está mais próxima do que imagina.

Por isso, abra espaço para uma autoavaliação profunda e não tente esconder ou maquiar nenhum detalhe.

Seja totalmente sincero consigo mesmo.

Por Que Sair de Minha Zona De Conforto?

Por Que Sair de Minha Zona De Conforto
Você entende que precisa despertar o seu potencial e buscar novos objetivos para seguir.

A esta altura, você já deve ter percebido o quanto a zona de conforto pode ser prejudicial. Ou melhor, o quanto ela impede a sua evolução.

É justamente por isso que você precisa sair dela. Os benefícios alcançados são muitos.

No momento em que você deixa de se impor limites e passa a acreditar no seu potencial, abre espaço para melhorar a autoestima.

Como consequência, nada mais parece impossível, mesmo aqueles sonhos que antes eram guardados a sete chaves.

Há uma transformação em andamento.

Você entende que precisa despertar o seu potencial e buscar novos objetivos para seguir.

De repente, não basta apenas um bom salário para ficar em um emprego: é preciso também se sentir realizado e motivado.

Começa a fazer sentido?

Como Sair da Zona De Conforto? 9 Técnicas Para Sair Da Zona De Conforto

Como Sair da Zona De Conforto - Técnicas Para Sair Da Zona De Conforto
Aproveite para conferir as nove dicas que separamos.

Já identificou onde está a sua zona de conforto? Sem apego, é hora de sair dela.

Se você está precisando de uma ajuda extra, aproveite para conferir as nove dicas que separamos.

Elas partem do pressuposto de que é fundamental buscar novos desafios e mostrar a você mesmo como pode ser revigorante fazer diferente.

Anote aí!

1. Desafie-se a Fazer Algo Que Nunca Fez Antes

A dica é abrangente mesmo.

O único limite aqui é a sua criatividade para descobrir algo diferente, que normalmente não faria parte da sua rotina.

Comece, por exemplo, com a prática de um novo esporte ou vá ao cinema sozinho, se você é do tipo que sempre precisa ter alguém ao lado.

Depois de dar o primeira passo e começar a sentir que é capaz de se desafiar, faça uma lista. Anote nela dez coisas que você gostaria de fazer, mas nunca chegou a concretizar.

É possível adicionar metas mais ambiciosas, que não vão se concretizar de um dia para o outro.

O importante é que elas estejam no seu horizonte, como um lembrete de onde pretende chegar e do quanto você ainda pode e precisa evoluir para tanto.

2. Desafie-se a Compartilhar Sua Opinião

Para quem está na zona de conforto, apenas concordar com o que os outros dizem pode parecer uma boa forma de evitar conflitos e apenas deixar o barco seguir seu curso naturalmente.

É hora de mudar essa (falta de) atitude.

Deixar o comodismo para trás é também marcar a sua posição e defender as suas ideias.

Mais do que isso: é lutar por elas.

Não é porque alguém discorda do seu método que ele deve ser rejeitado. Que tal defender o seu ponto de vista e mostrar por que ele faz sentido?

Não se trata de querer ser o dono da razão ou levar a melhor em todas, mas de não se omitir diante das situações em que a sua opinião pode fazer a diferença.

Vale para aquele novo projeto na empresa e também para uma decisão importante na sua casa.

3. Desafie-se a Encarar Algum de Seus Medos

Você tem medo de quê?

Como já falamos, o temor da frustração é o que costuma nos levar em direção à zona de conforto.

É aquela sensação de que podemos falhar.

O que propomos aqui, neste momento, é olhar para situações cômodas demais na sua vida e tentar identificar por que chegou a esse ponto.

É nessa reflexão que você vai encontrar aquele medo que tem travado o seu progresso, mas que aparece maquiado, como se simplesmente não existisse.

O próximo passo é encarar ele de frente e fazer o possível para que deixe de agir de maneira tão negativa.

Fique apenas com aquele leve medo bom de começar algo novo, que faz você saber que está no caminho certo.

4. Viaje Para Um Lugar Que Nunca Foi Antes

Viaje Para Um Lugar Que Nunca Foi Antes - sair da zona de conforto
O importante aqui é estar disposto a passar por uma experiência nova.

Esqueça aquele destino que você já está mais do que cansado de visitar.

É hora de programar as próximas férias – ou mesmo final de semana – com um destino inusitado.

Não estamos dizendo que você precisa ir para as Ilhas Maldivas – embora não seja uma má ideia.

Pense em uma opção que esteja dentro do seu orçamento e que ainda seja desconhecida. Faça o planejamento necessário e vá.

O importante aqui é estar disposto a passar por uma experiência nova.

Aproveite para descobrir os sabores e a cultura local, por mais diferentes que sejam daquilo que está acostumado.

Acredite, pode ser renovador.

5. Desafie-se a Conhecer Pessoas Ambientes Novas

Não é preciso deixar de lado seus amigos, mas também é importante conhecer novas pessoas, com interesses e conversas diferentes.

Essa é uma forma interessante de expandir o seu horizonte e ter novas perspectivas.

Pode ser a chance de interagir com as pessoas da sua turma de idiomas ou trocar uma ideia na academia.

Além disso, é possível frequentar círculos que não eram habituais. Gosta de livros? Procure clubes de leitura.

Ou, então, inove completamente e encontre algo inusitado para fazer.

Um espaço que nunca frequentaria, mas que pode oportunizar novas amizades, que tal?

Invista também em abordagens diferentes: quantas vezes você frequenta a mesma praça e encontra as mesmas pessoas, mas nunca parou para dar um oi? Não perca mais tempo.

6. Pratique Um Esporte Ou Atividade que Nunca Praticou

Já falamos sobre isso antes, mas agora vamos aprofundar.

Nada melhor para dar um gás na rotina do que praticar um esporte novo.

No começo, pode parecer que tudo vai muito devagar e você ainda não tem ânimo para voltar no dia seguinte, mas é questão de tempo.

Aos poucos, seu corpo acostuma com a atividade e vai querer mais.

É o momento para se exercitar e, ao mesmo tempo, relaxar a mente.

Se for logo ao acordar, melhor ainda para aumentar o pique e seguir firme pelo resto do dia.

7. Desligue-se de Mídias Sociais Por Alguns Dias

Desligue-se de Mídias Sociais Por Alguns Dias
Desligue-se de Mídias Sociais Por Alguns Dias – zona de conforto

Sabe aquela viagem sobre a qual falamos antes? Ela pode ser a oportunidade certa para você se desconectar um pouco e viver o momento.

Claro, as redes sociais podem ajudar e muito na sua rotina, mas elas também criam o hábito de apenas clicar o botão de atualizar de maneira incessante, mesmo que você não saiba muito bem o motivo.

Quando você é capaz de perceber, já perdeu horas do seu dia.

Faça o teste e seja menos dependente do seu celular.

Você vai ver que a postagem daquelas fotos pode ficar para depois e que responder a mensagem do grupo nem era exatamente uma prioridade.

Ao retornar dessas experiência, vai ser capaz de dosar melhor o tempo investido e focar naquilo que realmente importa.

Afinal, você não precisa saber o que está acontecendo com todos os seus contatos o tempo todo.

8. Propositalmente, Quebre Sua Rotina e Faça Diferente

Qual é o caminho que você pega todos os dias para ir até o trabalho? Tente mudar a rota, mesmo que seja por alguns dias.

E aquela mania de ver inúmeros episódios de uma série em sequência? Quem sabe dá para diminuir o número e o usar o tempo restante para cuidar de você.

Todo mundo tem uma rotina estabelecida. Uns mais, outros menos.

Mas é fundamental que ela não seja apenas repetida no automático, dia após dia.

Inove, faça diferente, permita-se mudar e descobrir um mundo de possibilidades.

Deixe a sua zona de conforto para trás, pois você já passou tempo demais nela.

É hora de pensar naquilo que realmente faz bem e não apenas nas atitudes que sempre repetiu apenas porque pareciam escolhas óbvias – talvez, convenhamos, óbvias demais.

9. Invista Tempo Em Sua Vida Romântica

E a sua vida romântica, como anda?

A pergunta vale para solteiros, namorados e casados.

Independente do seu status de relacionamento, não deixe que a sua vida amorosa caia na rotina ou fique esquecida.

Permita-se aproveitar bons momentos ao lado de quem ama – ou separar algum tempo para buscar alguém.

Nada forçado, é claro.

Cozinhe um jantar diferente, proponha um programa novo ou apenas divida momentos de leveza e parceria.

Sinais Que Você Está Saindo ou Fora de Sua Zona De Conforto

Sinais Que Você Está Saindo ou Fora de Sua Zona De Conforto
Vamos conhecer alguns sinais que podem ajudá-lo a identificar quando o processo está fazendo efeito.

E aí, já conseguiu imaginar como colocar as técnicas em prática e sair da sua zona de conforto?

Agora, é hora de conhecer alguns sinais que podem ajudá-lo a identificar quando o processo está fazendo efeito.

Vamos lá?

Você Sente Uma Melhora na Qualidade de Vida

Sabe aquela sensação de leveza e bem-estar, como se tudo parecesse finalmente se encaixar?

É um sinal de que a acomodação está ficando para trás.

Você está conseguindo seguir em frente, está fazendo diferente.

Não é mais como se tudo fosse apenas dificuldade ou um eterno passar do tempo.

Mesmo nos dias mais difíceis – e, paciência, eles sempre vão existir – há espaço para sorrir e pensar naquilo que vem pela frente.

Não como quem teme pelo desconhecido, mas como quem sabe o quanto ainda pode crescer.

Aumento de Autoconfiança

Você já consegue confiar mais nas suas ideias e atitudes e vê todo o potencial que elas trazem consigo.

Com mais confiança em si próprio, se permite abandonar aquela pedra no sapato que insistia em fazer você parar o tempo todo, quase sem avanços.

Daqui em diante, sabe que muitos desafios ainda vão aparecer, mas que você tem tudo o que precisa para superar cada um deles e chegar aos objetivos que sempre almejou.

Desenvolvimento de Novas Habilidades

Quando, para avaliar o caminho trilhado, você percebe que os últimos tempos foram de crescimento.

Não só o seu potencial desenvolvido, mas você também foi capaz de agregar novas habilidades e competências.

Sabe tudo aquilo que nunca se imaginou fazendo, mas sempre teve curiosidade? Bastou um incentivo para modificar em realidade.

Isso significa que você foi capaz de pegar cada uma das dicas e moldá-las em atitudes transformadoras.

Não há limites quando você percebe que precisa mudar.

Conclusão

Conclusão - zona de conforto
O coaching pode ser um aliado poderoso.

Então, conseguiu desvendar os segredos da chamada zona de conforto?

Como você deve ter percebido, ela não costuma se desenvolver de maneira consciente.

Funciona quase como um instrumento de proteção que criamos para evitar conflitos e aquilo que é desconhecido.

No entanto, o que ela menos oferece é proteção: você apenas fica resignado em um canto, sem saber a dimensão do que acontece ao seu redor. Não há perspectivas.

O desafio é quebrar esse ciclo e mostrar que você é mais forte, que pode ir realmente além.

Nessa jornada, o coaching pode ser um aliado poderoso.

É uma forma de buscar o autoconhecimento e desenvolver o máximo de você mesmo com base em uma metodologia focada em resultados – exatamente aqueles que sempre quis atingir, mas que pareciam distantes demais.

No fim de contas, o fundamental é não deixar que os seus dias passem sem que você aproveite o máximo deles.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário e compartilhe o conteúdo com sua rede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *