Motivação: a chave para atingir objetivos e aumentar resultados

“Pesquisas e teorias sobre a natureza dos objetivos e seu papel na autorregulação têm reconhecido cada vez mais o fato de que objetivos são adotados e perseguidos não de modo isolado, mas em um contexto situacional dinâmico e como parte de um sistema motivacional estruturado” (Shah, Hall e Leander, 2009).

a chave para atingir objetivos e aumentar resultados
Teoria da Autodeterminação: um conceito-chave para lidar com a motivação humana

Entender como funciona a motivação humana é um passo fundamental para aumentá-la e mantê-la – o que é crucial para que possamos sustentar o esforço, a energia e o foco indispensáveis para atingir objetivos – tanto os pessoais quanto os profissionais e organizacionais.  É desse modo que o líder evita uma armadilha muito comum na qual a equipe começa a perseguir um objetivo com muita garra e disposição até que, em algum ponto do caminho, a motivação simplesmente se esvai e o objetivo é ameaçado. Por que isso acontece? Se a motivação for entendida como “parte de um sistema motivacional estruturado”, conforme observam Shah, Hall e Leander (2209) na citação que abre este artigo, fica mais fácil encontrar as respostas.

E as respostas passam pela Teoria da Autodeterminação (Self-Determination Theory – SDT). Desenvolvida por Edward Deci e Richard Ryan, da Universidade de Rochester, a teoria é um conceito-chave para lidar com a motivação humana de um modo mais abrangente e eficaz.

A autodeterminação é o ato de escolher e decidir por si, e de iniciar ações por vontade própria. Uma pessoa que possui um alto nível de autodeterminação tende a ser, também, uma pessoa intrinsecamente motivada, ou seja, que possui motivação intrínseca. Essa palavra é definida como algo interior ou interno, e que existe por si mesmo. Sendo assim, a motivação intrínseca é explicada por Deci e Ryan como a escolha e a decisão de fazer uma atividade pela satisfação inerente que ela oferece, e não por suas possíveis consequências.

A motivação intrínseca reflete a tendência humana de engajar-se em atividades interessantes e desafiadoras em termos de aprendizado e desenvolvimento – e é de fundamental importância que o líder possa proporcionar esse tipo de atividade a seus colaboradores. Quanto às demais atividades, as que não são intrinsecamente motivadas, mas são necessárias para que objetivos sejam atingidos, é importante gerar comprometimento alinhando-as aos valores e aspirações do time. Trata-se de entender o quanto a realização dessas atividades ou ações são importantes para que você e sua equipe alcancem seus objetivos. Trata-se, também, de encontrar meios de realizá-las que aumentem o poder de escolha e o senso de ownership psicológico da equipe – isto é, a sensação de que essas atividades lhes pertencem, são deles, e que eles irão realizá-las porque isso lhes trará benefícios e ganhos importantes no que diz respeito aos objetivos e propósitos de cada membro do time, e não só aos da empresa. Trata-se, enfim, de entender que, ao contribuir para o crescimento da organização, você e seus liderados também estarão crescendo.

Motivação humana como manter
Positive Coaching: ativa o senso de pertencimento – o chamado ownership

O treinamento positive coaching fornece as ferramentas ideais para acelerar esse processo. Por meio das intervenções que esse treinamento oferece, é possível resgatar o senso de ownership – de seus colaboradores e o seu, se for o caso. É possível, também, resgatar a missão pessoal e o propósito, a autoeficácia (ou a crença em nossa capacidade de atingirmos objetivos), a resiliência (ou o poder de superação), e reorganizar os objetivos profissionais de cada indivíduo de modo a alinhar tudo isso aos objetivos organizacionais. Assim, ao ver seus próprios objetivos refletidos nos da empresa, seus colaboradores se sentirão muito mais comprometidos para realizar atividades que podem não ser intrinsecamente motivadoras, mas que são necessárias e serão feitas da melhor forma possível porque estarão alinhadas a um propósito maior, que para eles é claro e suficientemente inspirador.

Agora que você já entendeu o que é e como funciona um sistema motivacional estruturado, gostaria de concluir com algumas perguntas para reflexão. O que você tem feito para motivar seus colaboradores? De que modo você busca alinhar os objetivos profissionais deles aos da organização?

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

O que é autoeficácia e como ela pode ajudar você

Entenda o que é sincericídio e como ele pode afetar sua vida

Cursos de extensão EAD: Saiba as vantagens de aderir ao sistema

Descubra a importância de desenvolver a autoaceitação

MBA Coaching: Saiba tudo sobre esse tipo de graduação

Aprenda cinco dicas práticas de como desenvolver o autocontrole

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.