Coaching de carreira e empreendedorismo: 12 dicas poderosas

coaching pessoal qual diferenca carreira

O coaching de carreira e empreendedorismo pode catapultar sua performance para o topo.

Alta competitividade, foco no trabalho, inovação constante, capacidade de liderança, visão de longo prazo e resiliência para seguir firme na jornada do crescimento.

Reforçar esses atributos parece uma boa ideia para a sua carreira?

Então o primeiro passo você já deu: o conhecimento é a pedra fundamental para o sucesso de qualquer profissional ou empreendedor que deseja atingir toda a sua potencialidade.

E é aí que entra o coaching.

Com essa metodologia, você vai enxergar com clareza suas metas, visualizar o mapa para chegar até elas e encontrar atalhos e ferramentas para acelerar essa jornada.

Ficou interessado em saber mais sobre o coaching de carreira e empreendedorismo?

Siga a leitura.

Qual é o conceito de coaching?

coaching pessoal o que e como funciona beneficios
Apenas nos Estados Unidos, o mercado de coaching movimentou US$ 2,3 bilhões em 2015, de acordo com números da Federação Internacional de Coaching.

Coaching é uma metodologia de desenvolvimento pessoal e profissional.

Ela oferece ferramentas para o indivíduo ou organização traçar objetivos e criar um planejamento para atingi-los.

O objetivo principal do coaching é melhorar resultados de pessoas, equipes e empresas.

Para isso, emprega técnicas utilizadas em Programação Neurolinguística, mapas mentais, visualizações, identificação de missão e valores, entre outras.

Você pode não conhecer algumas dessas ferramentas, mas elas estão cada vez mais populares.

Apenas nos Estados Unidos, o mercado de coaching movimentou US$ 2,3 bilhões em 2015, de acordo com números da Federação Internacional de Coaching.

E como funciona?

Na prática, é um treinamento, exatamente como sugere o nome.

“Coach” é uma palavra inglesa, que pode ser traduzida como “treinador” ou “mentor”.

Nos Estados Unidos, por exemplo, um técnico de futebol americano é chamado de “coach”

Assim como uma equipe, o coaching tem um coach (treinador) e um coachee (mentorado).

Nesse processo, o coach trabalha como um técnico que estuda o desempenho do seu jogador e, em parceria, colabora para que ele atinja todo o seu potencial.

Mas, afinal, como o coaching pode auxiliar na sua carreira como profissional ou empreendedor?

É o que vamos entender em seguida.

O que é coaching de carreira e empreendedorismo?

empreendedorismo digital conclusao
Todo ser humano possui aptidões e grandes potencialidades.

O coaching de carreira e empreendedorismo é a utilização da metodologia do coaching para impulsionar o gestor ou profissional no ambiente de negócios.

No contexto do empreendedorismo, o coach irá trabalhar com ferramentas para estimular os pontos fortes e também para derrubar barreiras que estejam impedindo o sucesso do indivíduo.

Isto é um fato: todo ser humano possui aptidões e grandes potencialidades, mas também aspectos de personalidade que podem ser aprimorados.

É por isso que a diferença entre um empreendedor de sucesso e um que não consegue atingir seus objetivos pode estar nos detalhes.

Mais precisamente, está na habilidade que possuem em identificar seus pontos fracos, analisá-los e transformá-los.

O coach trabalha o potencial individual que você já tem, mas provavelmente não coloca em prática por muitos motivos, como vergonha, insegurança ou outras crenças limitantes.

O que impulsiona um profissional para uma carreira de sucesso é a sua capacidade de lidar com situações adversas e com as emoções: as suas e as das outras pessoas.

A isso chamamos de inteligência emocional, que é a capacidade de reconhecer e avaliar os seus sentimentos e os dos outros.

Esse conceito é um dos principais fatores trabalhados no coaching de carreira e empreendedorismo.

Além da inteligência emocional, o coach irá focar no desenvolvimento das habilidades específicas para impulsionar você em direção a uma carreira de sucesso.

Seja no contexto de uma transição de emprego ou mesmo em uma mudança de cargo.

Neste ponto da leitura, talvez você se questione: como funciona o processo?

Tudo começa com uma avaliação da situação em que você se encontra profissionalmente.

O coach vai analisar qualidades, habilidades e competências atuais que precisam ser desenvolvidas.

E ele não faz isso a partir de uma leitura externa, mas por meio de uma colaboração com o coachee.

Uma das maneiras de traçar esse panorama é a definição de missão e valores do indivíduo.

Quais são, de fato, seus anseios, medos e potencialidades?

Com essa investigação inicial, é desenhado o objetivo e, depois, os meios para se chegar lá.

Essencialmente, um coach de carreira pode ajudar você a se reencontrar em seu ambiente de trabalho e na sua jornada como profissional.

Ou até levá-lo a expandir horizontes em uma nova área, em uma nova empresa ou construindo a sua própria marca, como empreendedor.

Você já pensou nisso?

Então, está na hora de descobrir como o coaching vai ajudar você a dar o start no seu próprio negócio.

Como o coaching pode ajudar empreendedores?

empreendedorismo corporativo quais caracteristicas destaque
Uma pesquisa sobre empreendedorismo mostrou que o Brasil lidera o ranking de países empreendedores do Brics (conjunto de países considerados emergentes).

Se você possui uma visão romântica do empreendedorismo e pensa em ter um negócio próprio apenas para ganhar dinheiro, lembre-se de que o processo não é tão simples.

Empreender é um caminho cheio de obstáculos e desafios.

Começar um negócio do zero é uma jornada e tanto.

Por isso, uma ajudinha nessa hora é sempre bem-vinda.

Um estudo feito pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e pelo IBQP (Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade), publicado em 2015, sinalizou que a cada 100 brasileiros que começam a investir no próprio negócio, 71 são incentivados por oportunidade.

A pesquisa sobre empreendedorismo também mostrou que o Brasil lidera o ranking de países empreendedores do Brics (conjunto de países considerados emergentes).

Por aqui, a taxa de empreendedorismo gira em torno de 34,5%.

A China, segunda colocada, apresenta taxa de 26,7%, seguida pela Índia (10,2%), África do Sul (9,6%) e Rússia (8,6%).

De fato, diante das dificuldades econômicas recorrentes e do espírito criativo, o Brasil é um país essencialmente empreendedor.

Mas há uma pedra no caminho dessas iniciativas.

Os dados mais recentes disponibilizados pelo Sebrae, publicados em 2016, a partir de consultas com 2 mil empresas, sinalizaram que a taxa de sobrevivência de negócios com até dois anos de atividade foi de 76,6%.

Ou seja: em termos práticos, muitos empreendedores ainda falham na missão de fazer seu negócio crescer e prosperar.

Mesmo assim, os números são bem melhores do que alguns anos atrás.

Em 2009, o índice de sobrevivência após dois anos era de apenas 55,4%

Parte dessa melhora pode ser creditada à capacitação dos novos empresários.

No contexto citado, o coaching é extremamente benéfico para ajudar os empreendedores a identificarem eventuais problemas a partir da análise de cenários, planejamento e acompanhamento motivacional.

E, posteriormente, claro, o coaching também ajuda a garantir a aceleração de resultados dos negócios.

Benefícios práticos para o empreendedorismo

empreendedorismo digital como coaching auxilia desenvolvimento
A grande diferença em relação a outros treinamentos é que o auxílio do coach vai muito além de orientações legais ou conselhos.

Quase 11 mil gerentes e gestores usam técnicas de coaching em suas empresas, conforme estimativa do mais recente estudo sobre o tema, o 2016 ICF Global Coaching Study, da Federação Internacional de Coaching.

Entre os benefícios citados por executivos, estão:

  • Produtividade
  • Confiança
  • Foco nos objetivos
  • Qualidade do produto ou serviço
  • Força organizacional
  • Atendimento ao cliente
  • Redução de reclamações
  • Redução de custos.

Os dados acima fazem parte de diversos estudos, como os publicados no International Journal of Evidence Based Coaching and Mentoring e no Manchester Review.

E como esses ganhos são obtidos?

Não há fórmula mágica.

A grande diferença em relação a outros treinamentos é que o auxílio do coach vai muito além de orientações legais ou conselhos.

Ele convida o empreendedor a embarcar em uma jornada de autoconhecimento.

O coach utiliza técnicas para aprimorar habilidades imprescindíveis para qualquer empreendedor, como liderança, proatividade, resiliência e boa comunicação.

Ser empreendedor exige aprender a reagir de maneira positiva diante de mudanças no mercado, na economia e no perfil dos consumidores.

Por isso, se você está à frente de um novo negócio, precisa estar preparado técnica e emocionalmente para enfrentar desafios de toda ordem.

O coaching pode figurar na preparação de um novo negócio e depois em cada etapa de seu desenvolvimento.

Para um negócio já em andamento, ainda há tempo: essa metodologia é útil para otimizar os resultados em qualquer momento da vida do empreendedor.

Afinal, o coaching no empreendedorismo também pode ampliar sua visão como empresário para que você amplie o escopo de atuação, acerte os ponteiros e acelere o crescimento.

Para ajudar nos primeiros passos, abaixo compartilhamos sete dicas importantes.

Dicas de coach para se tornar um empreendedor de sucesso

coaching para empreendedores o que e como se tornar
Você pode – e deve – partir para a ação e tirar o projeto do papel.

Você sonha em ser um empreendedor bem-sucedido?

Saiba que essa ideia não precisa ser apenas um plano distante.

Você pode – e deve – partir para a ação e tirar o projeto do papel.

Para isso, você pode começar hoje mesmo a desenvolver as habilidades essenciais na jornada do empreendedorismo.

A seguir, confira 12 dicas poderosas de coach para se tornar um empreendedor de sucesso.

1. Pratique habilidades de liderança

Aprender a liderar é uma habilidade fundamental para se tornar um empreendedor de sucesso.

Mas atenção: ser líder é muito diferente de ser apenas um “chefe”.

Um verdadeiro líder motiva, inspira e colhe o que há de melhor do seu time.

Essa competência exige inteligência emocional, resiliência e capacidade de delegar.

E não depende de lidar com uma equipe de duas ou 20 pessoas.

2. Desenvolva suas habilidades de planejamento

Planejar é preciso.

Traçar metas e estratégias será necessário para atingir os resultados esperados.

E para isso, o empreendedor deve contar com processos e rotinas bem organizados.

Pratique: identifique suas metas e descubra quais são os melhores meios para alcançá-las.

3. Pratique sua criatividade

Se você acha que a sua área de atuação não exige criatividade, saiba que o seu pensamento está bastante ultrapassado.

Independentemente do seu ramo de atuação, você deve exercitar sua capacidade de inovação para superar desafios e crescer frente à concorrência.

Lembre-se: pessoas criativas trazem soluções e ideias diferentes para a empresa.

Além disso, pensar “fora da caixa” contagia a equipe.

E nada melhor do que você, como líder, estimular um ambiente criativo.

4. Seja resiliente

Esse atributo é importante para o empreendedor, porque imprevistos não são a exceção, mas a regra.

Segundo o dicionário, resiliência é a propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica.

Portanto, a resiliência é a capacidade de se recuperar facilmente ou se adaptar diante da má sorte ou de mudanças.

Esse atributo é importante para o empreendedor, porque imprevistos não são a exceção, mas a regra.

Além de estar preparado, você deve encarar os fatos e tomar as rédeas em qualquer situação.

5. Aprenda com seus erros e com os erros dos outros

Quem decide empreender precisa ter em mente que errar é absolutamente normal.

Quando os planos não saem conforme o planejado, você tem a obrigação de encarar os problemas com sobriedade e discernimento para corrigir a rota.

Aprender com os erros será necessário para crescer e não repetir os mesmos equívocos.

Na verdade, é vital que você crie novos equívocos.

Porque a falha não significa um fracasso definitivo, mas uma evolução em seu projeto.

A cada falha, você progride ao testar novas ideias e caminhos.

E o melhor dessa estratégia é ampliá-la para compreender os erros dos outros e, assim, aprender por meio de exemplos.

6. Seja proativo

Não há empreendedorismo de sucesso sem proatividade.

O negócio é seu, portanto, se você não tiver iniciativa e colocar a mão na massa, ninguém o fará no seu lugar.

Lembre-se de que proatividade não é o mesmo que produtividade.

Ser proativo é estar um passo à frente, ter iniciativa e não apenas ficar esperando que os problemas surjam para que sejam resolvidos.

Analise o mercado, os cenários, a concorrência.

Incentive as pessoas que trabalham com você a serem proativas e não apenas executarem comandos.

7. Entre em ação e tenha iniciativa

Assim como é importante ser proativo, também é fundamental entrar em ação.

Proatividade e iniciativa são habilidades que andam de mãos dadas.

Se você se sente inseguro, comece exercitando a tomada de ação em pequenas tarefas do cotidiano.

Dessa forma, você vai sentir cada vez maior confiança para assumir a responsabilidade para si e fazer o negócio acontecer.

8. Trabalhe sua comunicação

A importância de saber se comunicar bem é enorme para um empreendedor ou um gestor de empresa.

Essa habilidade conquista as pessoas, inspira confiança e constrói redes de relacionamento.

Dessa forma, com a precisão das palavras e a linguagem não verbal a seu favor, você tem maiores condições de fazer vendas, atrair talentos, engajar colaboradores e conquistar resultados que dependem da colaboração de sua equipe.

9. Aprenda a assumir riscos calculados

Todo negócio envolve incertezas.

Por isso, é bom estar preparado.

Em alguns momentos, você vai se deparar com situações com alto potencial de resultados e, ao mesmo tempo, riscos de problemas ao longo do caminho.

Nessas horas, é preciso calcular: o que você ganha ao assumir essa posição?

Sempre que necessário, assuma riscos calculados, baseados na sua experiência.

E antes de decidir, tente reduzir ao máximo a margem de erro com a devida pesquisa e a consulta a outros profissionais.

10. Pense positivo

negocio milionario coaching depoimento microfranqueados da sbcoaching
Pensar positivo diminui a ansiedade e permite que você se foque nas soluções e não nos problemas.

Alimentar pensamentos positivos faz bem para a alma e para o seu negócio.

A nossa mente é muito poderosa.

O primeiro passo, portanto, é o autoconhecimento.

Só assim você descobrirá habilidades que podem ser aperfeiçoadas e pensamentos ou padrões sabotadores que podem estar dificultando o seu progresso.

Pensar positivo diminui a ansiedade e permite que você se foque nas soluções e não nos problemas.

Por isso, também é muito importante que você ame o que faz.

Ter paixão pela sua atividade é o que permite a você acreditar mais em si mesmo e, consequentemente, superar obstáculos.

11. Procure manter o foco sempre

Para um empreendedor, manter o foco é fundamental.

Significa fazer o que é prioridade, de forma assertiva.

Muitas vezes, isso significa se concentrar em uma tarefa por vez e até a dizer “não” para certas distrações, propostas e desvios de rota.

Então, não perca tempo e elimine tudo que pode distanciar você de seu objetivo principal.

Dessa forma, você fica de olho no mais importante: a satisfação do seu cliente.

12. Procure inovar sempre

A inovação não é mais um diferencial, e sim uma exigência em qualquer empresa.

Não se acomode no seu modelo de negócio e busque sempre mais.

Inovar é estar à frente e antecipar os desejos e as necessidades dos seus consumidores.

Saber enxergar o mercado, as tendências e observar oportunidades com antecedência garante vantagem competitiva frente aos concorrentes.

E para isso, não há mágica: você precisa encarar os problemas de frente e encontrar soluções que ninguém mais está vendo.

Conclusão: desenvolva a sua mente empreendedora

como se tornar coach
A sua mente pode ser a sua maior aliada e sua pior inimiga.

Conseguiu compreender melhor como o coaching de carreira e empreendedorismo pode alavancar o seu negócio ou impulsionar o seu crescimento profissional?

Acredite: ele realmente traz resultados poderosos.

Imagine reforçar as seguintes capacidades:

  • Liderança
  • Comunicação
  • Programação mental
  • Positividade
  • Visualização de objetivos
  • Resiliência
  • Foco nos objetivos
  • Atração de pessoas e talentos.

Essas características acima compõem o que chamamos de “mente empreendedora”.

É o conjunto de atributos que levam o indivíduo a pensar, agir e respirar como dono do negócio e da habilidade de produzir resultados rápidos e duradouros.

E esse é o melhor caminho para acabar com as crenças e limitações que você adquiriu ao longo da vida e que, talvez, estejam impedindo você de dar o próximo passo nos negócios.

A sua mente pode ser a sua maior aliada e sua pior inimiga, e tudo depende da maneira como você a utiliza.

Assuma o controle da sua carreira, assumindo que só você é o responsável pelo seu sucesso.

E não esqueça: o caminho pode ser mais simples do que imagina, desde que você conte com o auxílio do coaching e encare com seriedade sua jornada de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

Gostou das nossas dicas? Deixe um comentário sobre a sua experiência.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Desenvolvimento de carreira: saiba como o coaching pode te ajudar

Como viver de coaching?

Coaching Generativo: O que é, Como Funciona e Como Aplicar

5 passos de como construir um negócio milionário em coaching

6 passos de como ter um negócio bem-sucedido como coach

Aprenda a viver 100% de coaching: guia completo

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.