Aconselhamento de carreira – Saiba como funciona

Uma forma bastante comum de insatisfação profissional é a escolha equivocada da carreira a ser seguida. Muitas pessoas escolhem a profissão errada e passam boa parte da vida convivendo com a insatisfação de ter que cumprir funções que não lhes propiciam o sentimento de realização pessoal, nem profissional. Seja na busca por cargos de gestão ou por aqueles que são mais técnicos, e até mesmo pela falta de direcionamento ao escolher a profissão mais indicada, o indivíduo tende a se sentir subutilizado ou não realizado em seus anseios intrínsecos.

Para ilustrar esta observação utilizaremos como exemplo um mecânico de ônibus que entrou na empresa de transporte rodoviário, jovem, depois de realizar um curso para se profissionalizar na função de mecânico. Entrou por necessidade de prover sustento a ele e sua família. No entanto, descobriu que ser motorista era mais prazeroso porque ele poderia viajar e conhecer lugares novos. Mesmo com os riscos e aborrecimentos que o cargo oferece, ele queria deixar a rotina de bater cartão e ficar em um galpão o dia todo. Este processo natural de autoconhecimento propôs a ele uma alternativa de mudança de profissão.

É preciso lembrar que um profissional insatisfeito produz resultados aquém da sua capacidade. O processo de coaching não irá indicar a permanência do coachee em uma determinada profissão, necessariamente. Porque mesmo que ele entre nesse processo com a finalidade de crescimento em uma determinada função profissional, o coach identificará a insatisfação do coachee com a profissão que exerce. E em muitos casos, o planejamento de carreira apontará a mudança de área de atuação.

Algumas empresas estão adotando o aconselhamento de carreira para seus colaboradores para atuar em duas frentes: o ajuste correto das equipes e a identificação de competências de cada profissional. As organizações precisam conhecer as potencialidades de cada funcionário para poder extrair, de maneira otimizada, o melhor do seu capital humano disponível.

Otimizar os recursos humanos sem a necessidade de novas contratações

O coaching atua de maneira decisiva para esta tarefa. Quando um treinamento é iniciado, a equipe passa por uma avaliação de talentos. Os recursos humanos podem ser realocados sem que seja necessário contratar novos empregados, poupando tempo e recursos para remontar um time e prepará-lo. Este processo de coaching dará início ao mentoring.

Esta, então, será uma excelente oportunidade até para que sejam preparados novos líderes dentro da organização, pois sempre existem profissionais dispostos a encarar desafios maiores na carreira. E, mesmo que alguns colaboradores não possam ser realocados dentro da empresa, este profissional sairá da empresa ciente de que poderá desenvolver-se carreira em uma nova profissão, até mesmo em outra empresa, ainda que desligamentos sejam momentos inevitavelmente desgastantes para ambas as partes.

Conheça nossas outras páginas

ELEVE SEUS GANHOS E POTENCIALIZE SUA PERFORMANCE

CHEGUE À EXCELÊNCIA COM A SBCOACHING!