Motivação Intrínseca

A motivação intrínseca é interna, vem de dentro da pessoa e está alinhada ao seu “eu interior”. É gerada quando os indivíduos se envolvem em atividades que eles consideram interessantes, desafiadoras e prazerosas. As atividades que não se encaixam nessas categorias não são intrinsecamente motivadas e não serão realizadas, a menos que existam razões extrínsecas (ou externas) para iniciar a ação e promover a autorregulação do comportamento, isto é, gerenciá-lo de modo que persista e vá até o fim.

Como se dá a motivação intrínseca

Conceitualizada por Deci e Ryan (2002) como a escolha e a decisão de

fazer uma atividade pela satisfação inerente que ela oferece, a motivação intrínseca não é movida por possíveis consequências. Pense em algo que você escolhe fazer pelo prazer que isso lhe dá, uma atividade à qual você se

entrega porque adora realizá-la – nesse momento, você está intrinsecamente motivado. A motivação intrínseca reflete a tendência humana de engajar-se em atividades interessantes e desafiadoras em termos de aprendizado e desenvolvimento.

Os indivíduos experimentam a motivação intrínseca quando suas necessidades inatas de autonomia (estar no controle de sua própria vida e agir em harmonia com seu eu interior), competência (capacidade de lidar de modo eficaz com o meio que o cerca) e relacionamento ou conexão (desejo de interagir, de conectar-se com as pessoas e de fazer algo em benefício dos outros) são satisfeitas. Essas três necessidades básicas são os nutrientes da proatividade, do funcionamento otimizado e da saúde psicológica.

O processo por meio do qual absorvemos a motivação externa chama-se internalização, que pode se realizar por meio de:

Regulação externa

Ocorre quando agimos para obter recompensas, evitar punições ou satisfazer a exigências externas. A frase característica de uma pessoa com esse tipo de motivação intrínseca é: “Tenho de fazer isso”.

Regulação introjetada

Aqui, a pessoa é motivada pela culpa e age para não se sentir culpada ou envergonhada. A frase característica é: “Eu devo fazer isso”.

Regulação identificada

Nesse caso, embora a motivação tenha vindo de fora, a pessoa a identificou como importante para si. A frase característica é: “Fazer isso é bom para mim”.

Regulação integrada

Ocorre quando a identificação foi avaliada pela pessoa e colocada em congruência com seus valores e interesses pessoais. A frase característica é: “Eu quero fazer isso”.

Embora a regulação integrada seja o tipo mais poderoso e satisfatório de motivação extrínseca, ela não é igual à motivação intrínseca. A pessoa com regulação integrada age para obter importantes resultados pessoais, mas não necessariamente por prazer. A pessoa intrinsecamente motivada possui um grau de autodeterminação muito maior, e sua frase característica é: “Eu amo fazer isso!”.

Conheça nossas outras páginas

ELEVE SEUS GANHOS E POTENCIALIZE SUA PERFORMANCE

CHEGUE À EXCELÊNCIA COM A SBCOACHING!

-
Chat Online