Worklover - Faça o que você ama

Muitas pessoas buscam a realização profissional, investimento em conhecimento, para que seja possível ter uma promoção à altura do seu desempenho e competência. Mas por que alguns indivíduos, mesmo ganhando bem, não se sentem felizes com aquilo que fazem? Muitos dirão que isso está relacionado com o fato de fazer o que gosta. Porém, fazer o que gosta não é o suficiente para conquistar a tão sonhada realização profissional. Para isso, é preciso dois fatores: fazer o que gosta e fazer bem o que gosta.

Quando você tem prazer pelo que faz, os resultados são surpreendentes. Mas quando você faz o que ama e entende muito do assunto, a ponto de fazer uma atividade de uma forma que nenhuma outra pessoa faria, os resultados são extraordinários. A consequência disso é um trabalho singular e a sensação de extrema satisfação. Por isso, e por conta de um mercado cada vez mais competitivo, é preciso ser “worklover”.

O “Worklover” é uma pessoa que ama o trabalho que executa, pois vive satisfeito com suas realizações. Desse modo, é mais flexível para lidar com as dificuldades que podem aparecer no decorrer de uma atividade. Se as condições do trabalho vão mal, o indivíduo busca ajuda em vez de criticar ou esmorecer. Esse ser apaixonado pelo que faz pode trabalhar muitas horas por dia de forma produtiva e nem percebe o tempo passar, sendo que esta satisfação se estende para a sua vida pessoal.

Qual a relação entre o coaching e o worklover?

Quem procura por um treinamento de coaching, muitas vezes, está buscando uma nova carreira (atuar como coaching), potencializar suas habilidades ou ter acesso a conhecimento que agregará ainda mais valor às atividades que já exerce em sua profissão. Portanto, algumas pessoas buscam formas de aperfeiçoar o que já fazem, para ter um execução ainda melhor. Ou seja, ampliam seu conhecimento aprendendo técnicas para ser um líder mais eficiente, um gestor mais comunicativo ou um vendedor mais resiliente.

E você? Ama o que faz? Veja algumas características de um worklover:

  • Sente prazer pelo que faz.
  • Suas atividades não são encaradas como obrigação.
  • Não vê a hora passar.
  • Sabe lidar com dificuldades.
  • Supera metas sem esperar elogios.
  • Reconhece o seu próprio valor.
  • Possui sentimento de realização tanto pessoal quanto profissional.
  • Sabe lidar com o stress.
  • É proativo.

Muitas competências podem ser desenvolvidas em um treinamento de coaching, seja com o objetivo de aprimorar conhecimento que você já tem por meio de técnicas 100% práticas, ou para ter uma melhor percepção com relação à profissão em que atua. Porém, independentemente se você deseja fazer um curso de coaching para atuar como coach ou para ser um profissional mais eficaz, fazer o que ama é 50% do caminho para ter sucesso profissional.

Provavelmente, você conhece pessoas que mesmo em férias usam parte do seu dia, por mera diversão e curiosidade, visitando concorrentes para conhecer seus pontos fortes e fracos. Diferentemente de um workaholic, o worklover não se estressa com facilidade, curte a família (que muitas vezes o acompanha) e ainda aprende enquanto descansa. Isso é aproveitar e unir o profissional à satisfação pessoal. E isso só é possível quando se ama o que faz!

Conheça nossas outras páginas

ELEVE SEUS GANHOS E POTENCIALIZE SUA PERFORMANCE

CHEGUE À EXCELÊNCIA COM A SBCOACHING!

-
Chat Online