Como fazer um portfólio? Guia completo para montar o seu!

Dizem que a propaganda é a alma do negócio.
Não por acaso, saber como fazer um portfólio é tarefa essencial para quem busca a valorização do seu trabalho e, claro, boas oportunidades.
No entanto, o que pode parecer uma tarefa fácil nem sempre acaba sendo tão simples assim.
Não basta selecionar o seus melhores trabalhos e pronto.
Existem informações que merecem ser privilegiadas e outros cuidados que exigem atenção para que o seu portfólio atinja o objetivo desejado.
Isso sem falar que ele pode ser utilizado para diferentes fins e com mídias distintas.
Vai trocar de emprego e não sabe como organizar sua produções anteriores?
Quer ter um resumo completo do seu trabalho para mostrar aos seus clientes?
Ou deseja apenas manter tudo em ordem para qualquer oportunidade que surgir?
Então, este artigo é para você. Não deixe de acompanhar até a última linha!

O que é um portfólio?

Algumas pessoas confundem portfólio com o currículo. Mas, na verdade, o primeiro funciona como um complemento do segundo.
Enquanto o currículo reúne um compilado das suas experiências profissionais, os objetivos para sua carreira, seus diferenciais e o seu perfil enquanto trabalhador, o portfólio é um apanhado, uma coleção de suas produções.
Por exemplo, o fotógrafo conta com um book, material no qual reúne os seus melhores ensaios.
Já um arquiteto costuma criar um catálogo com os seus projetos mais marcantes.
Por sua vez, um jornalista pode fazer um portfólio com seus principais artigos e reportagens.
Mesmo um estudante já pode começar a organizar suas produções, reunindo as experiências em estágios e até mesmo artigos acadêmicos, dependendo do objetivo profissional.
Ou seja, o portfólio nada mais é que uma forma de agrupar o que você já fez de melhor e garantir que esse material seja apresentado de maneira atrativa e profissional.
É uma verdadeira amostra das suas habilidades.

Quais são os tipos de portfólio?

como fazer portfolio quais sao os tipos
Antes de aprender como fazer um portfólio, vamos descobrir mais sobre ele.
Usado para diferentes fins, o portfólio possui basicamente dois formatos: o físico e o digital.
Conheça um pouquinho mais sobre cada um deles e veja qual tipo é o mais indicado em cada caso.

Portfólio físico (impresso)

É o modelo mais tradicional, muitas vezes entregue junto ao currículo.
Esse tipo de portfólio é recomendado para pessoas que trabalham com mídias estáticas, como texto e imagem.
No entanto, vale ressaltar que a versão impressa tem perdido cada vez mais espaço, devido ao custo envolvido e à maior praticidade oferecida pelo ambiente digital.
No entanto, ainda funciona bem em portfólios de produtos e mostruários de lojas físicas.

Portfólio digital (online)

É o tipo de portfólio mais usado por conta de sua abrangência e vasta disponibilidade de recursos.
Com a possibilidade de incluir formatos como vídeos e áudios, é um modelo mais completo – além de mais fácil de ser atualizado.
Mesmo para quem tem somente produções textuais ou fotográficas, a versão digital permite o uso de ferramentas que deixam seus trabalhos mais personalizados e únicos.
Atualmente, existem inúmeras plataformas – muitas delas gratuitas – para contar com um portfólio online.
Se não conhece nenhuma, não se preocupe, pois vamos falar sobre elas mais à frente.

Como fazer um portfólio?

como fazer portfolio como fazer um
Agora que você já sabe o que é um portfólio e conhece seus diferentes tipos e formatos, podemos passar para a parte prática e começar, de fato, a montar o seu.
Quer aprender como fazer um portfólio? Então, veja as três dicas que separamos.

1. Defina o objetivo do portfólio

O primeiro passo é delimitar o motivo pelo o qual você está criando esse portfólio.
Está em busca de alguma vaga de trabalho, em específico? Ou é só uma maneira de organizar suas produções e garantir que elas estejam atualizadas?
Enfim, é preciso definir um objetivo antes de começar a montar o material.
Só assim o resultado final vai realmente ser um reflexo do que você deseja.

2. Foque nos principais trabalhos desenvolvidos

Com sua meta traçada, é hora de arregaçar as mangas e começar a organização do material.
Digamos que você seja um fotógrafo e trabalhe com diferentes tipos de eventos.
Uma boa forma de atender aos mais variados públicos é formar um book com cliques de situações diversas.
Assim, separe os principais ensaios, aqueles que você acredita que ficaram mais bonitos e monte uma apresentação.
É interessante agrupar as fotos conforme o tipo de evento.
Dessa forma, o cliente não vai perder tempo procurando as imagens.
Uma sugestão é criar uma espécie de linha do tempo.
Para isso, junte as fotografias de festa de 15 anos, depois as de formaturas, as de casamentos e os books de gravidez, por exemplo.
Lembre que essa é a hora de ser crítico e entender o que o seu público busca.

3. Organize os trabalhos em ordem de importância

como fazer portfolio organize trabalhos ordem importancia
Agora, vamos supor que você está criando um portfólio pensando em um tipo de cliente específico.
Para seguir no exemplo da fotografia, o nicho do mercado em questão seria o dos ensaios de casamento.
Então, é preciso priorizar os seus trabalhos nessa área.
Organize as imagens com as cerimônias mais bonitas. Ou seja, dê a importância devida às produções com as quais deseja se aperfeiçoar.
Uma boa dica é lembrar dos feedbacks recebidos dos noivos: eles gostaram do material? Fizeram alguma crítica?
Com base nisso, já dá para ter um noção do que não deve funcionar com outros casais.

Dicas de como fazer um bom portfólio

como fazer portfolio dicas de como fazer um bom
Quer mais algumas dicas para deixar seu portfólio ainda melhor?
Então, fique ligado em mais esses dois toques que preparamos para você.

Mantenha-o simples

Sabe aquela máxima que diz que “menos é mais”? Para a produção de um portfólio, ela cai como uma luva.
Procure ir direto ao ponto, sem muita enrolação.
Recrutadores recebem milhares de currículos e portfólios para as vagas e não ficam perdendo tempo procurando informações em uma plataforma carregada demais.
Uma dica é criar abas diferentes para separar as produções e outra com informações complementares e de contato.
Assim, o pessoal que está analisando o seu perfil pode acessar, de forma rápida e eficaz, os conteúdos que procura.

Faça-o fácil de se ler e navegar

Procure evitar também fontes muito rebuscadas, que podem dificultar a leitura e a compreensão do conteúdo.
Elas podem até ser visualmente bonitas, mas é melhor que as pessoas entendam o que está sendo dito ou mostrado do que tenham um impacto com a beleza dos traços.
Outro conselho importante é separar o tipo de conteúdo produzido.
Se você trabalha com multimídia, busque organizar categorias para cada formato: texto, imagem, áudio e vídeo.
Caso trabalhe com só uma forma de representação, encontre uma maneira de dividir suas produções. Pode ser por tema ou relevância, por exemplo.
Essa medida, além de facilitar a visualização, também é uma maneira de demonstrar plurifuncionalidade ou um conhecimento mais vasto em determinado conteúdo.
No caso do portfólio online, a dica é se inspirar no modelo de navegação dos sites, em geral.
Perceba que existe uma hierarquia e que você sabe onde procurar o que deseja.
Esse é o seu ideal.

Como fazer um portfólio para empresa?

como fazer portfolio empresa
Depois de descobrir como fazer um portfólio genérico, vamos passar a exemplos mais específicos.
No caso de uma empresa, é claro que esse material será diferente de um modelo pessoal.
Entre os fatores que precisam ser levados em conta, estão: histórico, missão, visão e valores, produtos e serviços oferecidos, principais clientes, equipe de trabalho e contato.
É como se fosse um grande resumo da organização – e essa é mesmo a ideia.
Ao passar uma boa primeira impressão para o cliente, fica mais fácil construir uma longa relação com ele.
Uma forma inteligente de fazer isso pode ser a partir do site institucional da empresa.
Se ele for o mais completo possível e contar com informações sempre atualizadas, pode incluir um catálogo de produtos e serviços e funcionar como um verdadeiro portfólio da marca.

Como fazer um portfólio acadêmico?

E como fazer um portfólio acadêmico?
Nesse caso, estamos falando de um modelo que serve para mostrar as suas qualificações como estudante ou pesquisador.
Sabe aquele trabalho que foi mais do que elogiado ou ainda a apresentação em um simpósio que foi só elogios? Tudo isso pode e deve estar presente.
Artigos publicados, participações em congressos e em outras atividades extracurriculares podem fazer a diferença para quem analisa a sua trajetória.
Especialmente se você pretende realizar um mestrado ou um doutorado, o histórico escolar conta muito.
Nesse caso, também é importante manter o currículo Lattes sempre em dia.

Como fazer um portfólio de fotografia?

como fazer portfolio fotografia
Já falamos bastante de portfólio de fotografia, mas não custa enfatizar alguns pontos.
Se você se comunica através da imagem, então, use e abuse dela.
Um cuidado importante é preferir fotos em alta qualidade, mesmo que elas sejam um pouco mais pesadas e demorem mais para carregar.
Essa escolha vai valorizar mais o seu trabalho e mostrar os mínimos detalhes, com foco, por todos os ângulos, que só a sua lente e o seu olhar de especialista conseguem mostrar.
Outra dica: não é porque você lida com imagens que deve abrir mão das palavras.
Coloque legenda em todas as suas imagens, explicando para o cliente sobre o que elas retratam e em que contexto foram tiradas.
Os textos também devem estar presentes na hora de organizar o seus ensaios dentro do portfólio.
Separe os books em categorias e faça uma breve descrição em cada uma delas.

Como fazer um portfólio de produtos?

O portfólio de produtos é outro que merece um equilíbrio muito fino entre imagem e texto.
Priorize fotos em planos mais abertos, quando estivermos falando de objetos mais conhecidos.
Caso sejam materiais mais específicos, também vale fotografar de outros ângulos, dando ênfase aos detalhes principais.
Em relação ao texto, foque nos diferenciais e nos pontos positivos que o produto oferece.
As informações gerais normalmente já são conhecidas e, por isso, apenas repeti-las pode causar desinteresse e cansaço na leitura.
Caso o seu negócio trabalhe com diferentes nichos de produtos, é recomendado fazer um agrupamento por proximidade e criar categorias próprias.

Formas eficientes de divulgar o seu portfólio

De nada adianta saber como fazer portfólio incrível se ninguém tem acesso a ele, certo?
É claro que, se você está produzindo esse material para uma oferta de trabalho, basta enviar aos recrutadores.
Mas para quem busca captar clientes ou divulgar as suas produções, como fazer o portfólio ser divulgado?
A resposta para essa pergunta está em ferramentas que você deve usar muito, mas que talvez não tenha a dimensão do alcance que elas têm: as redes sociais.
Elas são suas melhores amigas na divulgação de seus trabalhos.
Por meio de políticas de impulsionamento e publicações pagas, é possível atingir o público específico que você deseja.
Para escolher qual é a melhor plataforma, é preciso entender onde o seu público está e como ele costuma entrar em contato.
O LinkedIn, por exemplo, tem um caráter mais corporativo e é presença obrigatória para quem deseja se promover como profissional.
Você pode escrever artigos sobre a sua área e, ao fim, direcionar para o link do seu portfólio. Esse direcionamento também pode acontecer a partir da descrição que conta em seu perfil.
Mas não é precisa parar por aí.
Ainda que o Facebook tenha outro propósito, nada impede que você compartilhe com os seus amigos as suas principais criações.
Quem sabe eles não podem indicar o seu trabalho para possíveis novos clientes?

Faça bom proveito do seu portfólio

Independentemente do tipo de portfólio que você vai fazer e da maneira como ele vai ser divulgado, é importante ter em mente que esse vai ser o seu cartão de visitas.
Por isso, faça bom proveito dele e o utilize da melhor forma possível.
Com as dicas que passamos, já é possível produzir um ótimo material, focado em seus objetivos traçados.
Mas nunca se esqueça que ele deve estar sempre atualizado e disponível – você nunca sabe quando a oportunidade desejada vai surgir.

Exemplos de portfólio incríveis

Depois de aprender como fazer um portfólio, que tal se inspirar nas melhores práticas?
Fique ligado nos exemplo de portfólios que reunimos para você.

Egopop

É uma amostra de que os recursos gráficos podem, sim, ser usados com o intuito de deixar o seu portfólio ainda mais bonito.
E o melhor de tudo: eles não atrapalham em nada a navegabilidade na plataforma.

Robby Leonardi

Passeie como em um videogame e avance nas fases do portfólio com muita usabilidade, de forma prática e natural.
É outra inspiração interessante para você usar no seu compilado de trabalhos.

Kevin Andrews

Vá direto ao ponto.
É impossível entrar neste portfólio e não ver de cara, logo na Home, sobre o que se trata a página.
A comunicação deve ser assim: clara, transparente e cumprir com o que se propor.

Rubens Scarelli

Você curte o visual das histórias em quadrinho e animes?
Essa é uma ideia que pode inspirar quem deseja unir a paixão pelas ilustrações com a profissão.
Neste caso, o designer atua com esse tipo de trabalho, mas você pode usar o tema como uma forma de representação.

Plataformas e formatos para te ajudar na criação de portfólio

como fazer portfolio plataformas formatos para te ajudar criacao
Mesmo com todos as dicas dadas e os exemplos trazidos, você ainda vai precisar de uma outra ajuda para criar o seu portfólio: o local no qual ele vai estar hospedado, caso opte pelo modelo digital.
É por isso que você precisa conhecer as ferramentas a seguir.

Ferramentas para criar seu portfólio online

Separamos as nove ferramentas mais usadas na criação de portfólios online para você produzir o seu.
Confira!

Behance

É talvez a ferramenta mais utilizada para a produção de portfólios.
Pertencente ao principal grupo de softwares gráficos, a Adobe, também se destaca por essa credibilidade.
Além disso, conta com um design simples e intuitivo.

Wix

Também bastante comum, a Wix possui inúmeras possibilidades de templates.
Essa diversidade ajuda o profissional a deixar o portfólio com a sua cara.
A grande variedade de recursos também é um ponto positivo.
O melhor de tudo é que a customização pode ser feita por qualquer pessoa, mesmo sem qualquer conhecimento de programação.

Carbonmade

Ferramenta muito eficaz, mas que conta com algumas limitações que as duas anteriores não possuem.
A impossibilidade de utilizar conteúdos de vídeo e a imposição de um número máximo de imagens são fatores que pesam contra ela.

Deviantart

Mais usada por aqueles que se dedicam ao uso da imagem, a ferramenta parece um grande quadro de arte.
É uma alternativa interessante e pode funcionar bem para quem gosta de ensaios fotográficos.

Cargo Collective

É um site tradicional na produção de portfólios. No entanto, quem não domina a língua inglesa pode ter um pouco de dificuldade ao acessar os comandos, já que a plataforma não está disponível em português.

Webs

Idealizado como uma ferramenta gratuita para a criação de sites, o Webs também pode ser utilizado para ser o seu portfólio online.

WordPress

Da mesma forma que o Webs, é possível adaptar o WordPress como um grande compilado dos seus trabalhos.
A variedade de ferramentas e a possibilidade de otimização para que o seu conteúdo seja encontrado nos motores de busca é um ponto a ser considerado.

Dribbble

É uma ferramenta paga que oportuniza a publicação de trabalhos e funciona como uma espécie de rede social.
A melhor notícia é que, se você deseja apenas acompanhar a produção de outras pessoas ou se inspirar, não tem custo algum.
Ou seja, a mensalidade só é cobrada caso haja a hospedagem de conteúdo.

Facebook

Sim, até o Facebook pode ser o seu portfólio.
Muitas agências já utilizam a maior rede social do mundo para armazenar seus principais trabalhos.
É só criar uma página e manter as postagens em dia, sempre com as suas melhores produções.

Conclusão

como fazer portfolio cocnlusao
Gostou do nosso artigo sobre como fazer um portfólio?
Esperamos que você tenha reunido algumas inspirações e ideias para montar a sua própria coleção de trabalhos.
Lembre que o primeiro passo é definir um objetivo para o seu portfólio e, a partir disso, montar a estratégia e organizar o conteúdo.
Nunca esquecendo que vale a pena também investir na divulgação. Afinal, quem não é visto, não é lembrado.
A SBCoaching é sua parceira para alcançar uma carreira de sucesso. Se você deseja maximizar a sua performance e desenvolver novas habilidades e competências, faça contato conosco.
E que tal aproveitar para compartilhar este artigo nas suas redes sociais? É uma forma de mostrar que você está antenado no assunto.

Comentários

Quem leu este post leu também :)

Desenvolvimento de carreira: saiba como o coaching pode te ajudar

Recolocação profissional: confira 10 dicas para conquistá-la

Qual a sua meta? Defina onde você quer chegar!

Potencialize suas competências e alcance resultados extraordinários

Fatores importantes para ter sucesso e ser bem-sucedido

Como se comunicar bem com as pessoas

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.