Como responder às clássicas perguntas de uma entrevista

Quando precisam escolher um novo colaborador, os gestores buscam pelos melhores profissionais disponíveis no mercado. Para encontrar o funcionário ideal, eles optam por maneiras de filtrar os concorrentes e estudam como entrevistar candidatos de forma eficiente. É comum que algumas perguntas feitas nas entrevistas de emprego sejam parecidas em todas as empresas. Afinal, o objetivo é o mesmo em todas as organizações: saber mais sobre os candidatos para escolher o melhor.

entrevistas

Mas, “como devo me portar em uma entrevista de emprego?“, você deve estar se perguntando. Não se preocupe! Confira algumas das clássicas questões feitas em entrevistas de trabalho e como responder a elas:

Por que você escolheu esta carreira?

Normalmente é uma das primeiras questões feitas pelo entrevistador, para saber se o candidato está seguro de sua vocação.

Responda expondo os motivos que o levaram a escolher tal profissão e aproveite para citar alguns pontos fortes de sua formação.

Fale sobre suas experiências profissionais anteriores.

A intenção do recrutador é saber mais a respeito dos dados listados no currículo e qual a sua postura diante dos empregos anteriores.

Tente ser sempre objetivo e jamais fale mal das empresas em que trabalhou. Se tiver muitos empregos no currículo, foque nos últimos cinco anos de carreira para não estender demais o assunto.

O que você construiu nas empresas e cargos pelos quais passou?

A pergunta é para verificar fatos marcantes e projetos importantes da carreira do entrevistado.

Se for possível, quantifique sua resposta de alguma forma: em volume financeiro ou em eficiência.

empresária entrevista homem
A pergunta ajuda o entrevistador a compreender quais motivos fizeram o entrevistado trocar de emprego.

Quais foram as motivações para as mudanças na sua vida profissional?

A pergunta ajuda o entrevistador a compreender quais motivos fizeram o entrevistado trocar de emprego.

Diga o que levou você a buscar outro trabalho, como a oportunidade de ter uma renda maior ou um cargo mais representativo. Só tenha cuidado para não colocar a questão financeira como único critério motivacional, pois poderá parecer ambicioso demais.

Qual o motivo do desligamento da empresa?

É natural que o recrutador queira saber o motivo do desligamento para saber mais sobre sua postura profissional.

A velha frase “houve uma reestruturação” é válida. Mas uma resposta mais precisa e sincera faz a diferença.

Quais foram os principais desafios que você enfrentou?

Novamente a intenção é analisar as atitudes do profissional entrevistado.

Além da experiência, o que conta aqui é como as vivências são expostas. O mais importante é listar desafios que possam comprovar sua competência e suas habilidades.

Como você se mantém informado?

A questão visa identificar os interesses do candidato em sua área de atuação.

Ao citar um veículo de comunicação na resposta, esteja preparado para expor sua opinião a respeito de alguma reportagem.

Com essas dicas de como agir em uma entrevista de emprego, você certamente se sairá muito bem em sua próxima candidatura. Não deixe de preparar-se. Estude bem todas as questões e boa sorte!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Recolocação Profissional

Você já ouviu falar em Outsourcing?

LIDERANÇA EFETIVA: COMO GUIAR SUA CARREIRA E VIDA EM 2021

Skills de hoje e do futuro

O que é autoeficácia e como ela pode ajudar você

As habilidades mais importantes em 2021

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.