Como se preparar para uma dinâmica de grupo

Quem nunca participou de uma dinâmica de grupo e ficou ansioso ou nervoso no momento, que atire a primeira pedra!

Muito usadas em processos seletivos por profissionais de recursos humanos e especialistas da área, e também por gestores e líderes que buscam aumentar a motivação e engajamento de colaboradores, no ambiente de trabalho. As dinâmicas de grupo são cada vez mais comum, hoje, no mundo corporativo, como ferramentas para destacar profissionais qualificados.

Nas dinâmicas de grupo, geralmente, são feitas atividades que ajudam o avaliador observar atitudes de cada candidato ou colaborador, diante de determinadas situações que podem ocorrer no ambiente de trabalho. No entanto, este tipo de técnica costuma causar um certo desconforto naqueles que estão sendo avaliados, seja pela pressão, timidez ou o simples fato de saberem que estão sendo analisados.

Então, se você já passou por este tipo de situação, conhece alguém que tenha passado por este problema ou mesmo, quer se preparar melhor para quando isso acontecer com você? Acompanhe esse post!

O que é uma dinâmica de grupo?

O principal objetivo de uma dinâmica de grupo é auxiliar os especialistas da empresa a encontrarem o profissional ideal para determinado tipo de cargo ou função, como também pode ser utilizada por gestores e líderes para motivar a equipe e avaliar as aptidões de cada colaborador.

Esse tipo ferramenta permite analisar melhor as habilidades e capacidades dos profissionais que, por meio de testes práticos e precisos, são avaliados para ocuparem determinado tipo de cargo como, por exemplo, de liderança e gestão que requer aptidões especificas, ou mesmo para encontrar um candidato que, além dos pré-requisitos descritos na vaga, tenha um perfil que se encaixe à cultura da empresa.

No caso das dinâmicas de motivação, que são aplicadas por líderes e gestores em sua equipe, elas têm como objetivo tornar a comunicação da equipe mais clara e objetiva, alinhar os valores e a missão da empresa, melhorar o ambiente de trabalho e o engajamento entre a equipe ou mesmo para estabelecer oportunidades de crescimento na empresa.

O que é analisado em uma dinâmica de grupo?

Um dos principais problemas de quem se submete a uma dinâmica de grupo é saber que, ali, não são avaliadas as suas competências técnicas, experiências e formação acadêmica, mas sim,  aptidões que todo bom profissional deve ter, como:

·         Facilidade em se comunicar e se expressar;

·         Habilidades para resolver problemas e conflitos;

·         Bom relacionamento para trabalho em equipe;

·         Opinião clara e precisa;

·         Postura profissional;

·         Competências para estabelecer prioridades e delegar tarefas.

Essas são umas das principais competências de um profissional, sobretudo se for para ocupar um cargo de liderança.

Mas, para que essas competências sejam analisadas pelo avaliador, o candidato ou colaborador é submetido a testes incomuns, que, muitas vezes, podem até parecer sem noção como desenhar, fazer colagens, recortar papel ou mesmo jogar com bexigas. No entanto, a maioria destes testes possui comprovação cientifica para avaliar como o candidato se relaciona e se apresenta em cada situação.

Dicas de como se preparar para uma dinâmica de grupo

Assim, para se dar bem em uma dinâmica de grupo, seja para ser contratado ou promovido na empresa, é ideal que o profissional mantenha calma, interaja com o grupo, saiba se expressar e impor a sua opinião, ter sempre cuidado com a linguagem corporal, evitar erros de português e gírias e ter boa escrita.

Confira abaixo algumas dicas para ajudar a se sair bem em uma dinâmica de grupo:

1.      Tenha boa comunicação

Ter uma boa comunicação significa falar com calma, saber falar em público sem entrar em pânico, defender um ponto de vista sem inibir ou ofender o próximo, ter sempre bons argumentos, saber expressar de forma clara a sua opinião. Tudo isso pode parecer muito difícil, mas não é. A fórmula para uma boa comunicação é calma, muita calma e preparação.

Prepare-se estude, pesquise, entenda melhor a empresa, esteja munido de informações e mantenha a calma. Simples, assim!

2.      Supere a timidez

Essa pode ser uma tarefa um pouco mais difícil para quem sofre com timidez, pois não é algo que se conquista da noite para o dia. Procure por técnicas que ajudam a superar e controlar o medo de falar em público, não hesite procurar a ajuda de um profissional, caso seja necessário. Superar a timidez é muito importante para demonstrar o seu potencial em uma dinâmica de grupo.

3.      Pesquise sobre a empresa

É de boa praxe que ao participar de processo seletivo de uma empresa ou uma dinâmica de motivação, o candidato ou colaborador saibam os objetivos, missão, valores da empresa e o que ela espera do profissional. Essa é uma dica muito importante!

4.      Deixe os seus problemas em casa

Todo mundo tem problemas pessoais, saber como lidar e separar eles da vida profissional é o diferencial para quem está buscando melhorar em sua carreira. Quando for participar de uma dinâmica de grupo mantenha o foco no aqui e agora e esqueça os problemas pessoais. Caso seja questionado, fale sobre eles de modo claro e objetivo, sem entrar em detalhes e acabar se expondo demais.

5.      Controle a respiração

Para ajudar a manter a tranquilidade no momento da dinâmica, procure respirar com calma e devagar. Práticas de meditação, mindfulness, entre outras, ajudam a exercitar a respiração, manter a atenção no presente e evitar ansiedade e medo.

6.      Não desista

Algumas atividades podem parecer infantis e sem noção, como comentamos, mas em momento algum desista de participar ou de terminar a dinâmica. Do contrário, além de parecer que não está interessado, mostra também falta de controle emocional, determinação e tolerância.

7.      Evite falar demais

Falar, saber se expressar e argumentar a sua opinião é muito importante para um trabalho em grupo, no entanto, cuidado para não falar de mais e acabar não dando espaço para que seus colegas falem ou mesmo deixando de escutá-los.

8.      Não fale pouco

Cuidado também para não falar pouco. Você tem e deve mostrar que é capaz de expor seus pensamentos e expressar suas ideias, mostrar que sabe argumentar e tem opinião. Falar com clareza e objetividade é uma qualidade muito bem vista pelas empresas.

9.      Saiba dosar as palavras

Se o assunto abordado pelo avaliador for incomodo, não precisa omitir ou ficar em uma situação embaraçosa. Seja sincero, fale, mas dose bem as palavras para que não gere nenhum desconforto a quem pergunta ou mesmo represente uma postura arrogante e radical de sua parte.

10. Evite gesticular demais

Lembre-se que o corpo também fala por você. Evite o excesso de gesticulação, mantenha o seu corpo relaxado. Alguns gestos mostram que você está ansioso, nervoso, com medo, preocupado ou até mentindo. A sua postura corporal também estará sendo avaliada.

11. Não tenha medo de expressar a sua opinião

Algumas dinâmicas exploram assuntos polêmicos e diversos para avaliar a postura do candidato em situações conflitantes. Mostre a sua opinião, mesmo que ela seja contraditória a de todos os outros, argumente o seu ponto de vista e mostre porque você acredita nele. Algumas empresas buscam por pessoas que tenham ideias e pensamentos fora do comum. Esteja atento!

12. Seja verdadeiro

É muito comum em situações como essa os candidatos quererem impressionar, expressando ideias confusas e mostrando ser algo que não são. Muito cuidado, os avaliadores estão preparados para identificar comportamentos assim. Seja verdadeiro, fale apenas aquilo que realmente sabe e acredita!

13.   Saiba ouvir críticas

Lembre-se sempre que criticas são formas construtivas, encare-as como um conselho, ouça com atenção, demonstre interesse pelo o que outro diz e em mudar de atitude, caso concorde com o que foi dito. Respeite sempre a opinião dos outros, saiba assumir seus erros e pontos fracos e mostre-se aberto a novos conhecimentos e aprimoramento.

dinâmica de grupo - saiba ouvir criticas

14. Saiba fazer críticas

Você pode criticar sim! Desde que saiba saber isso de uma forma construtiva e educada. Mostrar a sua opinião, saber argumentar os pontos que podem ser melhorados e como isso pode ser feito e muito bem visto, quando bem colocado. Mostre que está disposto a ajudar e sabe como fazer isso.

15. Respeite seus adversários

Mesmo em uma atividade de competição ou pressão, jamais, em hipótese alguma, desrespeite um colega que esteja participando da mesma dinâmica ou teste com você. Esse tipo de comportamento mostra o despreparo para um trabalho em equipe.

16. Ajude e seja receptivo com todos

Mesmo que a dinâmica seja uma seleção, mostre-se receptivo e pronto a ajudar os seus adversários. Algumas atividades são aplicadas, exatamente, para avaliar o comportamento do participante dentro de uma equipe. Aproxime-se das pessoas, seja receptivo e ajude no que puder ajudar.

17. Evite pensamentos negativos

Evite pensar em experiências que não deram certo, não desperdice energia com pensamentos negativos. Tenha pensamentos positivos, empenhe-se no seu melhor e naquilo que precisa ser feito para dar certo.

18. Foque no seu melhor

Ao invés de pensar naquilo que não sabe fazer, foque nos seus pontos fortes, nas suas qualidades, ressalte elas e a sua vontade de querer aprender e se dedicar para ser melhor do que já é. Encare a dinâmica como uma chance de mostrar os seus talentos e valores.

dinamica de grupo - valorize os seus pontos fortes

19. Confie em si mesmo

Confie no seu potencial. Responda os questionamentos com naturalidade e segurança. Tenha consciência dos seus valores, de sua missão e daquilo que realmente importa para sua vida pessoal e profissional. Confie que é capaz de conseguir tudo o que deseja, confie nos seus sonhos, seus objetivos e em suas metas. Confie em si mesmo.

20. Mantenha a calma

A tranquilidade é sempre muito importante em ocasiões de avaliação, neste caso, ao participar de uma dinâmica de grupo, imagine que está participando de uma brincadeira, mantenha a calma e tranquilidade que com certeza você se sairá bem.

Agora que você já sabe como funciona uma dinâmica de grupo e o que é preciso saber para sair-se bem em uma. Assine a nossa newsletter e receba dicas de como conquistar o emprego dos sonhos, ter uma carreira de sucesso e atingir todos os seus objetivos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

O que é autoeficácia e como ela pode ajudar você

Entenda o que é sincericídio e como ele pode afetar sua vida

Cursos de extensão EAD: Saiba as vantagens de aderir ao sistema

Descubra a importância de desenvolver a autoaceitação

MBA Coaching: Saiba tudo sobre esse tipo de graduação

Aprenda cinco dicas práticas de como desenvolver o autocontrole

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.