Como ter atitude: veja dicas, exemplos e benefícios

como ter atitude veja dicas exemplos beneficios

Saber como ter atitude pode representar um grande desafio, a depender do cenário e da situação.

Mas ele é intransferível, já que somos os verdadeiros responsáveis por nossas ações, o que exige maturidade e discernimento.

Afinal, de que outra forma seríamos capazes de de tomar as decisões que acreditamos serem as mais adequadas para o momento?

Mais do que isso, assumir um posicionamento faz com que, muitas vezes, tenhamos que sair da nossa zona de conforto e experimentar uma situação diferente das vividas até então.

Se alguma situação não está agradando você, chega de ficar apenas reclamando, de braços cruzados, esperando que tudo se resolva em um passe de mágica.

Você é quem controla a sua vida. Tudo o que acontece com ela é fruto das suas escolhas e da sua conduta. É hora de virar o jogo.

Quer descobrir como ter atitude? Então, este artigo é para você!

Preparamos um conteúdo exclusivo com dicas, exemplos e benefícios para se tornar uma pessoa mais decidida e que assume o protagonismo de suas ações para atingir objetivos.

Boa leitura!

Como ter atitude?

como ter atitude

De largada, vamos responder a pergunta mais importante: como ter atitude?

A primeira informação que você precisa saber é que, na verdade, não há uma receita de bolo para isso.

Tudo faz parte de um processo e um conjunto de ações que vão transformar você em uma pessoa mais decidida.

Nos próximos tópicos, vamos falar mais sobre que ações são essas.

Admitindo o que você deseja

O primeiro passo é admitir para você mesmo o que deseja fazer.

Muitas vezes, tomamos nossas decisões com base no que os outros vão pensar e deixamos de lado as nossas próprias vontades.

Seja pelo motivo que for, não tente agradar os outros com o seu comportamento.

Mesmo que você se esforce, vai ser impossível conseguir contentar todo mundo ao mesmo tempo.

Existe só uma pessoa que você precisa buscar agradar sempre: a si mesmo.

Com isso, não queremos dizer que é preciso ser egoísta e desconsiderar o impacto que suas escolhas vão causar nos outros.

O importante é não trair seus próprios valores e sonhos.

Assim, vai ficar mais fácil ter a atitude necessária para tornar seus desejos em realidade.

Exercitando sua força de vontade

O segundo passo é incentivar o seu lado positivo, exercitando a sua força de vontade.

Acredite na sua capacidade, mesmo que todos a sua volta pareçam duvidar.

Se for capaz de confiar no seu potencial, nenhuma decisão difícil vai afastar você dos seus objetivos.

Ter atitude exige coragem e somente quem crê em si mesmo consegue reunir as competências necessárias para encarar qualquer desafio que surge no caminho.

Lutando contra o seu lado negativo

Muitas vezes, deixamos de tomar determinada atitude porque acreditamos que não vamos conseguir enfrentar o que virá pela frente para chegarmos onde queremos.

Vou largar a minha carreira estável, mas que não me faz feliz, pelo grande sonho de abrir meu próprio negócio”.

Esse seria um exemplo clássico de tomar uma atitude, não é mesmo? Alguém decide abandonar um emprego financeiramente rentável para ir em busca de realização.

No entanto, essa pessoa começa a se fazer inúmeros questionamentos a respeito da sua decisão. “Será que vai dar certo?”, “será que minha ideia é tão boa assim?”, “talvez a estabilidade seja mais importante do que minha vontade de empreender”.

Então, o que ela faz? Desiste e decide continuar levando a sua vida, ainda que a considere burocrática.

Afinal, é a escolha mais cômoda de se fazer.

Ter atitude exige travar uma batalha permanente entre o seu lado positivo e o negativo.

Se o segundo ganhar sempre, dificilmente você vai se posicionar como gostaria.

Agora, se o lado positivo vencer, é bem provável que você tenha a força necessária para correr atrás dos seus sonhos e abandonar a zona de conforto.

Por que é importante ter atitude?

como ter atitude por que importante

Ter atitude é fundamental para qualquer pessoa, inclusive no ambiente profissional.

Líderes, por exemplo, precisam contar com essa competência comportamental, pois quando as dificuldades se acentuam, são eles que vão assumir a responsabilidade e tomar decisões – quase nunca fáceis, diga-se de passagem.

Mas deixando o mundo dos negócios de lado, o âmbito pessoal também pede pessoas com posicionamento e pulso firme.

Ou você vai querer que os outros façam as escolhas que impactam a sua vida no seu lugar?

Quem deseja ser o verdadeiro responsável por suas ações precisa ter atitude, sob pena de ficar um vida inteira reclamando e se arrependendo do que deveria ter feito e não fez.

Quais os benefícios de se desenvolver a atitude?

Ter atitude só traz benefícios para uma pessoa.

Pensando nisso, separamos algumas dessas vantagens em uma lista para você visualizar melhor e adquirir ânimo extra na busca por seguir essa direção.

Confira!

  • Ser o único condutor da sua vida
  • Tomar suas próprias decisões
  • Ter proatividade e agir rápido
  • Acreditar e ter força de vontade
  • Superar a negatividade e a descrença pessoal
  • Vencer as crenças limitantes
  • Possuir um diferencial competitivo
  • Crescer nos momentos de dificuldade
  • Credenciar-se para ser um bom líder.

Como ter atitude no trabalho e na vida?

como ter atitude trabalho vida

A nossa rotina coloca barreiras diárias para superarmos, seja na vida pessoal ou no trabalho.

Elas são como provas, que testam a nossa capacidade de seguir em frente.

Também e exigem de nós atitudes positivas que correspondam aos nossos anseios, vontades e necessidades.

O que fazer, então, para sair vitorioso?

Desafios do dia a dia

Quando esses desafios surgirem, você não pode se esconder. É preciso encará-los de frente e firmar um posicionamento.

Nem sempre são decisões fáceis a se tomar, mas alguém precisa assumir o controle da situação – e é melhor que seja você.

Não se esqueça que as pessoas que não tomam partido, que ficam em cima do muro, dificilmente são lembradas.

Pense nisso na próxima vez que cogitar transferir o seu poder de decisão para o outro, seja por medo, insegurança ou simples descaso.

Dicas de como ter atitude

como ter atitude dicas

Falamos bastante sobre como ter atitude, mas o que você acha de conferir algumas dicas que o ajudem a desenvolver esse poder de iniciativa?

Então, fique ligado no material que separamos a seguir.

Este é o nosso top 10 para virar o jogo.

1. Tenha confiança e segurança em si

Uma pessoa com atitude precisa ter autoconfiança e segurança em si mesma.

Somente assim ela vai adquirir a coragem necessária para tomar as decisões mais importantes.

Além disso, com essas duas competências, a pessoa também transmite aos outros a sensação de que está tudo sob controle e de que todos podem confiar no seu poder de escolha.

Caso não sinta confiança, nem segurança em você mesmo, não é o fim do mundo. Essas habilidades podem ser trabalhadas e desenvolvidas.

Tudo faz parte de um processo de autoconhecimento, tão presente no universo do coaching – e não é por acaso.

Quando você entende suas própria fortalezas e limitações, fica muito mais perto de conquistar seus objetivos.

2. Decida com responsabilidade

Ter atitude exige tomar decisões com responsabilidade, avaliando todos os cenários possíveis e não sair por aí agindo por impulso, sem medir as consequências.

Mesmo que os impactos da sua escolha não envolvam outras pessoas, você precisa refletir bastante sobre isso.

Se terceiros foram afetados, então, mais ponderação ainda.

Afinal, não é só a sua vida que está em jogo e sim a de outras pessoas, que dependem e contam com você.

3. Não confunda autoridade com autoritarismo

Líderes são pessoas que tomam decisões importantes o tempo todo e, justamente por isso, precisam ter atitude e iniciativa.

Mas, apesar de representar uma autoridade, um bom gestor não precisa gritar ou se impor através da sua hierarquia superior.

Ele exerce o seu poder de influência de maneira natural, pois todos os colaboradores respeitam o seu posicionamento e acreditam que suas ações sejam em prol do benefício coletivo – ou pelo menos assim deveria ser sempre.

Quem usa do autoritarismo procura impor sua atitude e posicionamentos e consegue atenção apenas pelo temor que causa nos demais. Você não deseja ser essa pessoa, certo?

5. Seja respeitoso

como ter atitude seja respeitoso

Essa dica vai ao encontro da anterior, pois uma pessoa de atitude é alguém que respeita os outros.

No caso de um líder, é aquele que sabe lidar com as diferenças, ouve opiniões contrárias sem tentar impor a sua e até incentiva a pluralidade de ideias.

Quem trata os outros com respeito recebe na mesma moeda e também é visto com admiração pelos demais.

Em outras palavras, ter atitude não significa se achar melhor do que ninguém, independentemente da sua posição social ou hierárquica.

De outra forma, é reconhecer a importância do próximo e valorizá-lo como pessoa.

6. Tenha conhecimento

Para tomar decisões assertivas, é preciso estudar e sempre estar à procura de conhecimento.

O saber nunca é demais e ele certamente vai oferecer a bagagem necessária para você escolher os caminhos certos.

Esteja sempre atualizado não só no seu ramo de atuação, mas também sobre o que acontece no mundo.

Uma pessoa de atitude também é aquela que sabe e tem propriedade sobre aquilo que está falando.

Procure se especializar tanto na parte técnica quanto trabalhando questões comportamentais.

Tudo na vida é um aprendizado – que, em algum momento, vai ser útil para você evoluir e ir atrás das conquistas que sempre desejou.

7. Faça mais, fale menos

como ter atitude faca mais fale menos

Quem tem atitude não precisa dizer que vai fazer isso ou aquilo: a pessoa vai lá e simplesmente faz.

Ou seja, é alguém que se notabiliza muito mais pelo seu comportamento do que pelo seu discurso cheio de promessas e argumentos vazios.

Em um mundo no qual as aparências importam tanto, há que ache muito mais importante parecer do que propriamente ser.

Por isso, sempre duvide daqueles personagens com perfil de político, que muito prometem e, na prática, pouco realizam de fato.

Você vai perceber que os que mais se destacam são aqueles que desempenham seus papéis com tranquilidade e em silêncio, fazendo a diferença quando é mais necessário.

Não dá outra: os que ficam só “garganteando” costumam ser os primeiros a fugir nos momentos decisivos.

8. Não se deixe levar pelas reclamações de outras pessoas

Em todo lugar, existem pessoas negativas, que tentam contaminar o ambiente que estão com suas reclamações e lamentos.

Deixar-se levar por esses pensamentos pessimistas pode fazer com que você escolha o caminho mais fácil, o da resignação.

Se algo está deixando você insatisfeito, lute contra e procure virar esse jogo.

Por isso que é tão importante se cercar de pessoas positivas.

Elas, junto com você, podem ajudar a encontrar saídas criativas e cheias de atitude, capazes de realmente transformar a realidade e oferecer novas perspectivas.

9. Quando tudo parecer ruim, busque inspiração em belas histórias

Há momentos nos quais tudo parece ruim e sem jeito, mesmo que você procure tomar uma atitude.

Nesses casos, tente parar, respirar um pouco e deixar toda essa contingência em modo de espera.

Se precisar, saia para esticar as pernas, dê uma caminhada e procure por uma inspiração em belas histórias.

Às vezes, isso é tudo que precisamos: lembrar que existem pessoas passando por situações mais complicadas do que as nossas e que, mesmo assim, elas encontraram forças para seguir em frente.

São esses exemplos de pessoas de atitude que devemos usar para nos motivarmos em momentos de dificuldade.

Sempre vão existir problemas e situações complicadas, mas cabe a você escolher como vai reagir frente ao que se apresenta.

10. Ao invés de apontar problemas, aponte soluções

O mundo está cheio de pessoas que apontam o dedo, expondo problemas aqui e ali. Não seja mais um membro do clube dos pessimistas.

Uma pessoa de atitude procura soluções e não fica reclamando da vida. Afinal, de nada vai adiantar chorar pelo leite derramado.

O que vai funcionar mesmo é buscar alternativas para sair de um momento complicado.

Criatividade, inovação e pensar fora da caixa também são qualidades de alguém proativo, que não se contenta com a realidade presente.

Exemplos de profissionais de atitude na empresa

como ter atitude exemplos profissionais empresa

No ambiente profissional, ter atitude é ainda mais determinante.

Por exemplo, um líder que assume toda a responsabilidade por um atraso na entrega de um pedido pode estar colocando a sua cabeça a prêmio.

Em contrapartida, está ganhando o respeito dos seus funcionário que, daqui para frente, vão se dedicar muito mais por ele.

Em outro exemplo, imagine um colaborador que, diante de um problema recorrente na produção, decide inovar e apresenta uma alternativa mais eficiente, eliminando o gargalo.

Sua proatividade pode ser recompensada com uma promoção ou bonificação pela saída criativa.

Às vezes, o simples fato de se colocar à disposição para cobrir a folga de um colega já pode ser visto como uma demonstração de atitude por parte dos superiores.

O ponto é que profissionais de atitude possuem um diferencial competitivo em relação aos demais.

Gestores querem ver funcionários que sabem lidar com as adversidades e que cresçam na presença delas.

E, mais do que isso, que estejam prontos para assumir grandes responsabilidades.

Como o coaching auxilia no desenvolvimento da atitude?

como ter atitude como coaching auxilia desenvolvimento

Atitude é uma competência comportamental que, assim como qualquer outra, pode ser desenvolvida.

Nesse sentido, você pode contar com todo o suporte do coaching para aprimorar ou maximizar essa e qualquer outra habilidade que desejar.

A atitude, sobretudo, é uma qualidade que está muito ligada à nossa capacidade de entender o que queremos das nossas vidas.

Afinal, quando a gente sabe quais são os nossos objetivos, fica muito mais fácil tomar as decisões corretas, concorda?

Todo esse processo de entender o que se passa dentro de cada um de nós tem muito a ver com conhecer melhor a si mesmo e se permitir ir além, dando um passo de cada vez.

Às vezes, o que falta para fazer você ter mais atitude é confiança e segurança em seu próprio potencial.

Quem sabe não é apenas isso que está afastando você no momento de se transformar em uma grande liderança e construir uma carreira de sucesso?

Está pronto para dar o próximo passo? Então, acesse o nosso site e conheça as soluções que SBCoaching oferece.

São cursos com direcionamentos específicos, voltados para os mais diferentes tipos de público.

Em comum, todo eles possuem a qualidade que só uma instituição reconhecida internacionalmente pode oferecer.

Conclusão

como ter atitude conclusao

Ter atitude nada mais é do que saber se portar em diferentes situações.

Nem sempre é agir propriamente, mas também esperar o momento certo para fazer o movimento.

Na verdade, como vimos, é um conjunto de competências que faz uma pessoa ter atitude: confiança, respeito, segurança, autoridade, positividade e outras mais.

O lado bom é que você não precisa, necessariamente, contar com todas elas de uma vez.

É possível trabalhar essas habilidades comportamentais com o auxílio da metodologia de coaching e ir em busca do máximo do seu potencial.

Ou seja, sempre há tempo para repensar sua própria forma de ser e agir, buscando novas perspectivas e oportunidades para o futuro.

E você, tem atitude? Relembre alguma passagem em que você demonstrou iniciativa e nos conte mais sobre essa experiência no espaço abaixo, destinado aos comentários.

Se gostou do artigo, também aproveite para compartilhar o texto nas suas redes sociais. Quem sabe essa também seja uma oportunidade de inspirar outras pessoas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

O que é autoeficácia e como ela pode ajudar você

Entenda o que é sincericídio e como ele pode afetar sua vida

Cursos de extensão EAD: Saiba as vantagens de aderir ao sistema

Descubra a importância de desenvolver a autoaceitação

MBA Coaching: Saiba tudo sobre esse tipo de graduação

Aprenda cinco dicas práticas de como desenvolver o autocontrole

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.