Saúde e Nutrição: Compulsão alimentar pode ser mais comum do que se imagina

90% dos brasileiros tem uma dieta inadequada e estão sujeitos a este transtorno, segundo pesquisa do IBGE. 

Compulsão alimentar pode ser mais comum do que se imagina

A compulsão alimentar é um transtorno mais comum do que se imagina. E o que muitos não sabem, é que qualquer pessoa pode ser atingida. O problema ocorre quando uma pessoa consome regularmente uma grande quantidade de comida de uma vez só até se sentir desconfortável, mesmo quando não sente fome alguma.

Um estudo do IBGE, entre 2008 e 2009, mostrou que cerca de 90% dos brasileiros praticava (e seguramente continuam praticando) uma dieta inadequada: e isso se reflete na pouca ingestão de frutas, legumes e verduras. Esse é um dos fatores que podem levar à compulsão alimentar.

Outro fator de risco para o transtorno alimentar é uma prática que está dominando a vida moderna: a manunteção e o incentivo, sem prescrição de especialistas, das dietas muito restritivas. Basicamente, isso acontece porque uma dieta que diminua alguns nutrientes, principalmente o carboidrato, tira o equilibro do organismo. Isso faz com que o corpo utilize mecanismos compensatórios quando perceber alguma oportunidade de extravasar, desencadeando a compulsão.

É fundamental estipular horários para as refeições, evitando que o organismo fique muito tempo em jejum.

Importante: o organismo em jejum perde as reservas energéticas, e aciona a bioquímica do corpo para recuperar rapidamente a sua reserva. Logo, o corpo entende esta rapidez como uma compulsão.

Por isso, é muito importante que a alimentação esteja regulada pelo hábito (que deve se tornar uma disciplina) de estipular horários para a cada refeição. Desse modo, o ato de comer se torna uma regra (equilibrada) e não um ato de gula. É de sabedoria popular que uma rotina alimentar com intervalos de 3 em 3 horas mantém o metabolismo acelerado, e realmente contribui para a perda de peso.

Procure os especialistas: também é necessário ressaltar que o transtorno alimentar exige o acompanhamento de um médico especialista que indique a dieta ideal para o paciente, além do apoio de um psicólogo para conduzir o processo de tratamento, que pode trazer desafios emocionais e comportamentais.

Se você tem dúvidas sobre como identificar o problema, eu separei uma lista com alguns sintomas que podem ser percebidos no dia a dia.

Sinais do Transtorno Alimentar

– Comer sem estar com fome e continuar comendo mesmo quando sente o estômago cheio.

– Comer escondido ou esconder comida para comer depois.

– Comer rápido demais.

– Demonstração de apego às embalagens de alimentos, mesmo que já estão vazias.

– Estresse, ansiedade, tristeza, culpa e preocupação que levam a pessoa a pensar em comer o dia todo.

– Insatisfação com seu peso e aparência.


Dicas para evitar a compulsão alimentar

– Comer salada antes das principais refeições: esse costume agrega volume ao corpo do estômago, estimulando os neuropeptídios da saciedade.

– Comer alimentos que são fonte em triptofano: iogurte, aveia, grãos, banana, ovos e queijos são fontes de triptofano.

OBS: O triptofano faz parte do neurotransmissor serotonina, a substância que gera a sensação de tranquilidade, controle de ansiedade e saciedade.

– Beber bastante água: um corpo desidratado gera fraqueza e fadiga, sensações que induzem compulsão.

Até a próxima coluna! Aqui é o espaço para falar de Coaching, Bem-Estar e Nutrição para uma vida mais feliz e saudável.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Virada Sustentável e reflexões sobre o mundo pós pandemia

Conheça as vantagens e desvantagens do outsourcing

Entenda como identificar e tratar as doenças psicossomáticas

Saiba o que é resiliência e entenda como desenvolvê-la

Como identificar e prevenir o esgotamento mental

Férias chegando: que tal viajar e aproveitar a natureza?

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.