Dinâmicas divertidas: o que são, exemplos e vantagens

dinamicas divertidas o que sao exemplos vantagens

Em busca de dinâmicas divertidas para aplicar com os colaboradores da empresa?

Você está no lugar certo.

As dinâmicas são ferramentas importantes de recursos humanos para promover motivação, trabalho em equipe e comunicação eficiente.

Também são relevantes na construção de reflexões, na troca de ideias e na identificação de lideranças.

Se você está procurando por dinâmicas divertidas, a boa notícia é que existem inúmeras opções de atividades, que você deve escolher conforme o objetivo central para a equipe.

Além de servirem como um momento de descontração na rotina da empresa, elas são oportunidades de aprendizado essenciais para elevar a performance da equipe.

Ficou interessado? Então, navegue pelos seguintes tópicos:

  • O que são dinâmicas divertidas
  • Por que fazer
  • Como fazer
  • Vantagens para as equipes
  • Benefícios do coaching de equipe
  • Exemplos de dinâmicas
  • Coaching para o alto desempenho.

Siga com a leitura e descubra.

O que são dinâmicas divertidas?

dinamicas divertidas o que sao

Dinâmicas divertidas são exercícios que permitem quebrar o gelo, aprimorar a comunicação e fomentar a troca de ideias na empresa.

Tudo isso de forma leve e despretensiosa, de maneira a permitir que os participantes se divirtam e compartilhem experiências.

Você provavelmente já participou de uma dinâmica como essa, não é mesmo?

Então, sabe que elas são um momento de descontração na rotina de trabalho, mas que geram efeitos surpreendentes.

As dinâmicas divertidas podem ser aplicadas para diferentes objetivos, seja para apresentar novos colegas de trabalho, seja para melhorar a comunicação da equipe formada.

Inicialmente, elas até podem parecer triviais.

Mas a verdade é que, quando têm um objetivo bem definido, essas atividades incentivam a reflexão, motivam os participantes e geram novos conhecimentos.

Uma excelentes alternativa para aplicar dinâmicas divertidas é a criação de dinâmicas de grupo.

O que são dinâmicas de grupo?

Dinâmicas de grupo são ferramentas de recursos humanos para integrar, promover a troca de ideias e melhorar a comunicação entre os participantes.

Trata-se de um tipo de atividade coletiva que permite ao gestor avaliar as relações sociais da equipe por meio da criatividade e da colaboração.

No livro Teoria e prática de dinâmica de grupo (Casa do Psicólogo, 1999), Suely Gregori Andrade destaca que, na dinâmica de grupo, os participantes vivenciam simulações que permitem agir com autenticidade, buscando aperfeiçoamento da conduta e se fazendo uma autoavaliação.

“Dinâmica de Grupo é uma técnica que significa colocar um grupo de pessoas em movimento através de jogos, brincadeiras, exercícios”, define a autora.

As dinâmicas de grupo são ferramentas úteis para diferentes finalidades na empresa:

  • Incentivar o trabalho em equipe
  • Motivar colaboradores
  • Apresentar novos colegas
  • Integrar a equipe
  • Trocar ideias e conhecimentos
  • Quebrar o gelo
  • Conhecer candidatos em processos seletivos
  • Melhorar o clima organizacional.

Assim, como gestor, aplicar dinâmicas em grupo é uma estratégia potente para envolver os colaboradores nos objetivos organizacionais.

Por que fazer dinâmicas divertidas?

dinamicas divertidas por que fazer

Se você ainda não faz dinâmicas divertidas na empresa, é hora de colocar isso em prática.

Afinal, elas proporcionam diferentes benefícios para os colaboradores e, consequentemente, para os resultados da empresa.

A principal razão para fazer dinâmicas divertidas é o fato de que elas dão oportunidade para que os colaboradores desenvolvam empatia e respeito pela equipe.

Durante as atividades, além de conhecer melhor os colegas, os colaboradores podem demonstrar criatividade, talentos e engajamento em relação à proposta do gestor.

Elas também permitem o ganho de motivação e a concepção de trabalho em equipe, fundamental para qualquer empresa que deseja alcançar seus objetivos.

Isso é essencial para que a equipe trabalhe em conjunto, visando aos mesmos objetivos traçados pela gerência para o negócio.

Em um artigo para a revista Forbes, o professor de psiquiatria Brett Steenbarger afirma que dar oportunidade para os colaboradores mostrarem seu valor é uma estratégia para potencializar o trabalho em equipe.

“Uma parte importante do que faz as equipes funcionarem é desbloquear o valor dentro de cada membro. Isso significa que cada membro deve ser capaz de comunicar suas perspectivas de maneira clara e eficaz”, aponta.

E essa é justamente a proposta da dinâmica: permitir que os funcionários participem ativamente.

Enquanto o profissional tem a chance de buscar destaque durante as dinâmicas, o gestor pode observar o desempenho de cada colaborador.

Essa é uma forma de encontrar lideranças na empresa, avaliar o grau de motivação e engajamento da equipe e permitir que os próprios colaboradores encontrem soluções criativas para a empresa.

Como fazer dinâmicas divertidas?

dinamicas divertidas como fazer

Na sequência, confira cinco dicas para fazer dinâmicas divertidas com os colaboradores.

1. Faça um planejamento

O planejamento é o primeiro passo para a criação da dinâmica.

Reflita sobre a razão pela qual você está propondo a dinâmica, pesquise sobre atividades criativas para grupos e defina o passo a passo para a aplicação daquela que melhor se encaixe na sua proposta.

2. Estabeleça um objetivo

Sem um objetivo central bem definido, a dinâmica perde o sentido.

No livro Quick Team-Building Activities for Busy Managers (Amacom, 2003) Brian Miller aconselha iniciar com um objetivo claro em mente.

Identifique o que, especificamente, você quer que a equipe aprenda ou conquiste.

“Por que gastar tempo, esforço e dinheiro em uma atividade se você não consegue identificar o motivo da empresa ou o benefício da equipe que espera como resultado?”, questiona o autor.

De acordo com Miller, os objetivos precisam ser:

  • Alcançáveis pela sua equipe
  • Relevantes de acordo com o momento atual do time
  • Diretamente relacionados aos efeitos dessa atividade.

3. Dê espaço para a criatividade

Para ser divertida, a dinâmica precisa brincar com a criatividade dos participantes.

Prefira atividades que desenvolvam habilidades, conhecimentos e ideias capazes de gerar reflexões relevantes para a equipe.

Esse é um momento para que os colaboradores se sintam livres para compartilhar todo o seu potencial com a equipe.

4. Prepare a dinâmica

É hora de deixar tudo pronto para o momento da dinâmica.

Identifique:

  • Número de participantes
  • Materiais necessários (como revistas, canetas e folhas, por exemplo)
  • Tempo da dinâmica
  • Local onde será feita.

Prepare o ambiente, organize os materiais e informe os colaboradores sobre a aplicação da dinâmica para evitar imprevistos.

5. Peça um feedback

Ao término da dinâmica, peça um feedback dos colaboradores para avaliar a eficácia das atividades propostas.

Essa é uma forma de empregar melhorias a cada dinâmica feita na empresa.

Pergunte a respeito dos pontos positivos e negativos e dos resultados obtidos.

Nesse momento, dê espaço para que os participantes também sugiram atividades divertidas, de modo que você tenha ideias para as próximas dinâmicas.

Quais as vantagens das dinâmicas para equipes de trabalho?

dinamicas divertidas quais vantagens equipes trabalho

Dinâmicas podem trazer diversas vantagens para as equipes de trabalho da empresa.

Como você viu antes, elas são capazes de motivar e engajar colaboradores nas metas do negócio e favorecer a interação e a troca de conhecimento.

Em um artigo para o site Azcentral, a gerente de projeto Jesse Dagilis afirma que, quando estão em grupos, as pessoas aproveitam as ideias dos outros para alcançar resultados mais rapidamente.

“Dinâmicas de grupo cultivam informações criativas, inspiram ações e responsabilizam as pessoas”, destaca.

Além disso, as dinâmicas incentivam a colaboração e criam um ambiente de trabalho mais amigável, em que cada colaborador compreende seu papel e importância no processo como um todo.

A partir disso, naturalmente, a equipe conquista o ganho de produtividade e, como consequência, o aumento de performance do negócio.

A dinâmica pode trazer benefícios até mesmo a partir da atuação do gestor, que analisa o comportamento dos colaboradores, encontra falhas e pontos fortes e auxilia os participantes na resolução de problemas propostos na atividade.

Dessa forma, o gestor ganha embasamento para elaborar estratégias com o objetivo de aumentar a performance da equipe.

O coach de equipe e os benefícios para o ambiente corporativo

dinamicas divertidas coach de equipe beneficios ambiente corporativo

Se você quer aumentar os resultados da empresa por meio do trabalho em equipe, uma excelente alternativa é o coaching de equipe.

O coaching é uma metodologia voltada ao desenvolvimento e aprimoramento de competências e habilidades comportamentais.

Assim, potencializa as virtudes do indivíduo e corrige as suas vulnerabilidades a partir de um planejamento estratégico que tem no objetivo ou meta o ponto de partida.

Ou seja, primeiro se define o estado desejado, onde se quer chegar, e depois o coaching traça o caminho até ele.

O coaching de equipe é uma modalidade que investe em sessões coletivas com os colaboradores da empresa.

Todos têm possibilidade de expor opiniões, enquanto o coach mapeia o cenário da empresa de modo a criar estratégias para aumentar a performance de cada um e do coletivo.

Dessa forma, é possível conhecer os pontos fortes e fracos da equipe, desenvolver as competências necessárias e explorar o potencial máximo de cada colaborador.

Ou seja: é um processo de autoconhecimento que permite criar um plano de ação com o intuito de melhorar os resultados da equipe.

Os benefícios da metodologia também incluem o ganho de produtividade, o engajamento em relação aos objetivos organizacionais e a resolução de eventuais problemas de comunicação entre os colaboradores.

Assim, em ambiente corporativo, o incremento da performance da equipe não apenas melhora o clima organizacional, mas também contribui para que a empresa alcance os seus objetivos.

E mesmo que a empresa já apresente bons resultados, recorrer ao coaching é uma opção que serve como prevenção em relação a problemas na produtividade e no próprio funcionamento do grupo.

Exemplos de dinâmicas divertidas

dinamicas divertidas exemplos

A seguir, confira cinco exemplos de dinâmicas divertidas para aplicar na empresa.

Dinâmica das afinidades e semelhanças

Essa dinâmica tem o objetivo de conectar os colaboradores pelas suas semelhanças e afinidades.

Para isso, divida os participantes em duplas e trios.

Cada um deve perguntar aos outros sobre os gostos pessoais e profissionais, anotando em um papel algumas preferências em comum.

A proposta é que, por meio da identificação de gostos em comum, os colaboradores tenham uma melhor comunicação e fortaleçam o senso de equipe.

Quem sou eu?

Nessa dinâmica, cada colaborador deve prender às costas um papel contendo um nome de um personagem, sem saber quem ele é.

O objetivo é que cada participante descubra o seu personagem.

A cada rodada, os participantes se reúnem em duplas.

Cada um faz três perguntas ao colega, que deve responder apenas com “sim” ou “não”.

Caso os participantes não descubram quais são os personagens, são feitas novas rodadas, até que a maioria tenha descoberto quem é.

Dinâmica cantando juntos

Para essa dinâmica, os participantes devem deixar a vergonha de lado para cantar em grupo – uma atividade engraçada e divertida.

Em um papel, cada participante deve anotar o nome de uma música conhecida e que contenha uma mensagem inspiradora.

Depois, as músicas são sorteadas, e o colaborador que a sugeriu deve falar sobre o porquê de ter escolhido.

Por fim, todos os colaboradores devem cantar um trecho da música juntas.

O objetivo é instigar a cooperação e o espírito de equipe.

Dinâmica rodada de entrevistas

Na rodada de entrevistas, os participantes têm a chance de atuar como repórteres por um dia.

O colaborador entrevistado deve ficar em uma cadeira no centro de um círculo com os demais colegas, que têm a oportunidade de perguntar sobre hobbies, formação, experiências e atividades que realizada fora do trabalho.

Essa é uma forma de incentivar a comunicação e fazer com que a equipe se conheça melhor.

Dinâmica do emboladão

A dinâmica do emboladão funciona assim: os participantes formam um círculo dando as mãos.

Cada um deve decorar quem está ao seu lado esquerdo e direito.

Aí, a orientação é que todos soltem as mãos e caminhem aleatoriamente.

Depois de alguns momentos, peça para que eles se abracem no centro do círculo na posição em que se encontram, mas dando a mão para os colegas que estavam ao seu lado previamente.

O objetivo final é abrir a roda, mas sem que os colaboradores soltem as mãos, formando um verdadeiro embolado.

Além de divertida, essa dinâmica promove o trabalho em equipe, o improviso e a colaboração.

Como o Coaching pode auxiliar no desenvolvimento de equipes de alto desempenho?

dinamicas divertidas como coaching pode auxiliar desenvolvimento equipes alto desempenho

Como já destacado, o coaching é uma metodologia que promove o desenvolvimento de todos os profissionais da equipe, de modo que ela alcance o alto desempenho esperado pela empresa.

Isso porque ele ajuda a desenvolver competências importantes para os profissionais, alinha a equipe aos mesmos objetivos organizacionais e demonstra a importância de cada colaborador nos processos da organização.

Além disso, o coach dá suporte na identificação de habilidades emocionais, comportamentais e técnicas que ainda precisam ser desenvolvidas.

Também identifica os pontos fortes e fracos que precisam ser trabalhados ao longo do processo.

Dessa forma, cada colaborador compreenderá quais ações e comportamentos estão impedindo o alcance das metas traçadas pela empresa.

Outra possibilidade é de que, com o coaching, cada colaborador tem a oportunidade de expressar a sua visão sobre a equipe e a empresa, sugerindo soluções para melhorar o fluxo de trabalho para alcançar melhores resultados.

Assim, se você quer desenvolver uma equipe de alta performance na empresa, o coaching deve ser visto como um investimento prioritário para o negócio.

Mas não pense que o desenvolvimento de uma equipe depende apenas dos próprios colaboradores.

A liderança também influencia nos resultados obtidos no negócio, uma vez que é o líder que conduz o time.

Por isso, o coaching de liderança também é uma opção válida para desenvolver competências relevantes para a gestão de equipes de trabalho.

Ao desenvolverem competências de liderança, gestores contribuem para que seus colaboradores aprendam e reforcem as próprias habilidades.

A consequência direta disso é a elevação da performance e dos resultados, tanto dos colaboradores quanto da empresa como um todo.

Conclusão

dinamicas divertidas conclusao

E agora, está convencido a aplicar dinâmicas divertidas na empresa?

Lembre-se de que elas são instrumentos importantes para melhorar a comunicação entre os colaboradores, promover a reflexão e incentivar a colaboração e o trabalho em equipe.

Mas para que sejam atrativas, elas também precisam ser divertidas, proporcionando um momento de descontração e aprendizado durante a rotina.

Na hora de criar uma dinâmica, não se esqueça de priorizar um objetivo central a ela.

Sem isso, ela se torna praticamente inútil.

Defina uma meta para a dinâmica, veja quais atividades podem ser feitas e escolha a mais adequada para o contexto e aprendizado que você deseja promover.

Faça todo o planejamento, desde a definição da dinâmica à organização de materiais e ambiente, e informe os colaboradores a respeito da sua realização.

Conduza a dinâmica de maneira que os colaboradores se sintam à vontade para trocar ideias e motivados a demonstrarem o seu potencial total ao longo das atividades.

Ao fim, não se esqueça de pedir um feedback dos participantes.

Isso é essencial para que você implemente melhorias nas próximas.

E se você deseja ter um aumento de performance na equipe, combine a aplicação de dinâmicas com o coaching.

Ele ajudará no desenvolvimento de competências importantes na busca pelos objetivos organizacionais.

Para isso, vale a pena conhecer os treinamentos da SBCoaching, referência mundial na metodologia.

Agora você já está pronto para colocar em prática uma dinâmica divertida, que tal começar o planejamento?

Se você gostou das dicas, compartilhe o post nas suas redes sociais.

Aproveite para deixar um comentário abaixo com dúvidas e sugestões.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Conheça os tipos de coaching existentes

Motivos para você não se tornar um coach no Brasil!

Positive Coaching: você precisa saber como funciona

Desenvolvimento de carreira: saiba como o coaching pode te ajudar

Recolocação profissional: confira 10 dicas para conquistá-la

Qual a sua meta? Defina onde você quer chegar!

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.