Liderança como fator de crescimento

(por Daniela Assunção)

Liderança é um tema muito falado atualmente e é também o aspecto mais mestudado de todo o comportamento humano. Somente no site da Amazon é possível encontrar mais de 70.000 títulos de livros que abordam o assunto. No entanto, a maioria dos nossos conhecimentos sobre liderança concentram-se no mundo corporativo – o coração financeiro de nossas nações. Liderança, porém, não está relacionada apenas a cargos de chefia e coordenação de equipes, mas também a pessoas que são consideradas como exemplo a ser seguido por algumas características especiais.

A importância de desenvolver seu perfil como líder está diretamente relacionada ao direcionamento de sua vida pessoal e profissional, pois, independentemente de sua posição dentro de uma empresa, ser líder é ter uma postura e atitudes que inspirem outras pessoas. Para isso, é fundamental, entre outras coisas, que você desenvolva certas habilidades de comunicação, de relacionamentos e mesmo as atreladas aos seus pontos fortes.

Dois aspectos importantes a serem observados nesse contexto são:

1. Estar aberto às mudanças e comprometido com a ação

Todos nós sabemos que a vida está relacionada diretamente a mudanças. E elas podem ser de dois tipos: as que acontecem a nós ou aquelas que nós fazemos acontecer. As primeiras são normalmente temidas e geram algumas resistências, mas somos, de certa forma, obrigados a aceitar, visto que não temos poder concreto sobre elas. O único poder que temos é em relação à maneira de encará-las e lidar com elas, para isso trabalhar sua capacidade de resiliência é importante. Já as que são de nossa responsabilidade, seria natural ansiarmos e provocarmos para que acontecessem, visto que isso nos dá um certo controle da situação.

Um líder admite e assume para si a responsabilidade por sua vida e os resultados que deseja obter, comprometendo-se assim pelas ações necessárias para isso.

Estar aberto a fazer alguma mudança em sua vida, seja ela da amplitude que for, requer portanto e antes de tudo, responsabilidade e comprometimento. Determinar para si o que quer realizar, como quer que sua vida esteja daqui a 5, 10 ou 20 anos, por exemplo, pode não ser uma tarefa das mais fáceis. Colocar isso no papel e transformar em projetos realistas para que as ações devidas sejam tomadas demanda uma boa dose de maturidade.

Além disso, é necessário comprometer-se , de fato, com a ação. Ninguém muda de casa apenas redesenhando um mapa. É preciso encaixotar, eliminar o desnecessário, aprender um novo caminho para o trabalho… Assim também será com suas atitudes em relação às mudanças pretendidas. Novos comportamentos talvez sejam necessários. Então, a sua maneira de encarar a vida e essas mudanças são essenciais para ser bem sucedido.

Se quer algo diferente, você deve fazer algo diferente, ou aquilo que já faz, mas de uma outra maneira. Analisar seus pontos fracos e as ameaças representadas por eles podem ajudar a identificar seus gaps a serem trabalhados.

Um bom começo pode ser implementar pequenas mudanças diárias. Isso dará a você confiança e novas perspectivas, além de exercitar sua criatividade.

mãos aspectos liderança
O que você pode se propor a melhorar um pouco mais amanhã?

2. Seja responsável pelo seu próprio crescimento

As barreiras de todas as espécies têm diminuído de maneira assustadora. Desde o acesso a informações em diversas partes do mundo até as possibilidades de contato entre pessoas de diferentes níveis hierárquicos numa empresa. Desenvolver-se passou a ser não mais uma opção, mas uma “obrigação da vida moderna”. Estar atento a tudo o tempo todo nos coloca, por outro lado, diante de uma avalanche de possibilidades para as quais é preciso ter foco e clareza para escolher quais e quando as queremos “consumir”.

Determinar, portanto, aquilo que é realmente importante para o seu crescimento requer autoconhecimento e reconhecimento dos seus valores mais importantes. Infelizmente, ainda são poucas as pessoas que investem algum tempo de sua rotina para planejar sua vida e traçar estratégias para o seu futuro, mas essa realidade vem mudando.

Que tal se fazer a seguinte pergunta diária: O que o torna hoje uma pessoa, ao menos um pouco, melhor do que foi ontem? E o que você pode se propor a melhorar um pouco mais amanhã? Vale a pena investir 15 ou 30 minutos do seu dia aprendendo algo novo, lendo sobre um assunto diferente dos que está acostumado, enfim, agregar valor a si mesmo como pessoa ou como profissional. Assumir a responsabilidade pelo seu crescimento também requer planejamento e dedicação.

Na próxima semana, falarei um pouco mais sobre planejamento e visão de futuro. E aproveito para fazer a seguinte pergunta: Você está vivendo a vida dos seus sonhos? Se não, por que não? E se não agora, quando?

A vida passa muito rápida e trabalhar ou fazer algo dia após dia que você não ame de verdade é simplesmente um desperdício!

Aproveite este momento e, se possível, responda por escrito: O que te motiva? O que mais te empolga em relação à vida? O que te traz alegria? Como você define felicidade? Se dinheiro não fosse uma objeção, como você gastaria o seu tempo?

Isso é liderança: assumir a responsabilidade por sua vida e suas escolhas e, principalmente, ter ações congruentes a elas.

Abraços e até a próxima semana!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Conheça as vantagens e desvantagens do outsourcing

Empowerment: O Que é, sua Importância nas Empresas e Exemplos

Dinâmica de Apresentação: Como Fazer, Dicas e Exemplos Práticos

Diagrama de Ishikawa: Guia Completo Passo a Passo

O Carnaval chegou… todo cuidado é pouco!

AFINAL, EXISTE UM MODELO DE CORPO PERFEITO?

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.