Mudança organizacional: 8 passos para uma gestão de sucesso

Está chegando o MBA IN ONE DAY, o maior evento de gestão e negócios do mundo. E, dentre os assuntos abordados no seminário, promover uma mudança organizacional eficaz faz parte de uma das principais estratégias de sucesso das empresas.

Para adiantar um pouco do que será apresentado no MBA IN ONE DAY, preparamos um conteúdo degustação para você.

 

Como conduzir uma mudança organizacional eficiente

John Kotter, um dos maiores especialistas em mudança organizacional, afirmou, em suas obras, que a maior parte dos esforços para promover mudanças em organizações não funciona. E por isso, é importante estar atento a esses 8 passos para que as mudanças aconteçam:

  1. Estabeleça um senso de urgência

A mudança só será realizada se houver gente o bastante na empresa que sente a necessidade de mudar e vê possibilidades de melhoria com isso. Kotter diz que a maior parte dos gestores não dá a importância necessária a este primeiro passo.

Somente quando 3/4 da direção acredita, pessoalmente e verdadeiramente, que algo precisa mudar é que há alguma chance de que isso realmente ocorra.

comunique as mudanças

  1. Crie uma aliança orientadora

Reúna um grupo de indivíduos de confiança de diferentes partes da empresa – pessoas que têm a confiança de seus colegas não apenas pela posição que ocupam, mas por suas qualidades de liderança, experiência e caráter.

Faça com que essas pessoas se comprometam com as mudanças necessárias e trabalhem em equipe.

líderes

  1. Desenvolva uma visão e uma estratégia

Seja claro sobre o que será diferente no futuro e como ele pode ser trazido à tona. Uma boa visão o ajudará a colocar decisões mais detalhadas em prática, porque ela é atraente, viável, clara e fácil de transmitir. Observe a ordem das coisas: primeiro, escolher as pessoas certas; depois, desenvolver a visão.

visão estratégica

  1. Comunique a visão da mudança

Formule a visão em palavras simples e diretas e garanta que mais funcionários entendam e aceitem o que é proposto. Use todos os meios a sua disposição para isso. De acordo com Kotter, muitas empresas se esforçam menos de 10% do que deveriam para comunicar mudanças. Garanta que a aliança orientadora demonstre a conduta desejada, por exemplo.

liderança e gestão de pessoas

  1. Empodere os funcionários para uma ação abrangente

Livre-se de obstáculos óbvios para a mudança e adapte sistemas ou estruturas que impeçam a visão. Crie espaço para novas iniciativas e propostas. Você pode, por exemplo, ligar o programa de bônus à nova visão. Fale com líderes sobre atitudes e comportamentos que não levam à mudança.empresas de sucesso

  1. Gere vitórias de curto prazo

Com sua aliança orientadora, defina melhorias claras e visíveis que serão notadas em poucos meses. Elogie e recompense os funcionários envolvidos nessas evoluções. Muitas ambições de longo prazo são destruídas pelo sentimento de frustração. Sucessos de curto prazo “derreterão o gelo” da reticência e da resistência.

curso de liderança

  1. Consolide ganhos e produza mais mudança

Use o crédito que você ganhar ao longo do caminho para mudar sistemas, estruturas e regulamentações que não se encaixam na nova visão. Invista em (novos) funcionários capazes de fazer a visão funcionar. Finalmente, não pense que você acabou tão cedo; ao invés disso, continue alimentando o processo de mudança com novas ideias, projetos e pessoas.

equipes

  1. Ancore novas abordagens na cultura

Uma mudança de cultura só ocorrerá se a maior parte da organização abraçar a mudança. E lembre-se: pra obter mudanças duradouras, é preciso que você demonstre como a nova conduta contribuiu para o sucesso da empresa, continue recompensando e contratando pessoas que se encaixem na nova cultura.

recompensa

Em uma das edições do MBA IN ONE DAY, Kotter fez uma contribuição pessoal para o seminário e, na ocasião, Ben Tiggelaar lhe perguntou:  qual seria o maior problema encontrado na condução de mudanças? Ele disse: “A falta de urgência”. Muitos gestores descobrem tardiamente o quão vital é a condução de mudanças, disse Kotter.

mba in one day

Eles não percebem o quão importante é trabalhar de modo preciso, um passo por vez, e começar estabelecendo um senso de urgência. Consequentemente, os funcionários não entendem de fato o quão essencial é a cooperação deles.

Como você encoraja um senso de urgência? Kotter afirma que uma abordagem ver, sentir, mudar é mais eficaz do que uma abordagem analisar, pensar, mudar. Aqueles que usam esse método esperam que os espectadores percebam sozinhos que precisam alterar sua conduta.

Ainda de acordo com Kotter, essa abordagem é rara em empresas que implementam mudanças com sucesso e nos ensina que há dois problemas que impedem as pessoas de ter senso de urgência: a auto-complacência e a falsa urgência.

mba in one day

Quer saber mais sobre estratégias eficientes de mudança organizacional e como levar a sua carreira e negócios ao sucesso? Participe do MBA IN ONE DAY, um seminário eletrizante e dinâmico sobre gestão, liderança, estratégia e execução, que já conquistou milhares de pessoas pelo mundo.

Saiba mais: www.mbainoneday.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Desenvolvimento de carreira: saiba como o coaching pode te ajudar

Recolocação profissional: confira 10 dicas para conquistá-la

Qual a sua meta? Defina onde você quer chegar!

Potencialize suas competências e alcance resultados extraordinários

Fatores importantes para ter sucesso e ser bem-sucedido

Como se comunicar bem com as pessoas

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.