Não seja qualquer um – seja único!

autocontrole
Olhe em volta. O tempo todo somos conduzidos emocionalmente a pertencer a um “clã”.

(Por Mariana Viktor)

O título seria redundante se nos lembrássemos de que é impossível ser qualquer um porque já somos únicos. Acontece que nos esquecemos disso por força das circunstâncias. E que circunstâncias são essas?

Olhe em volta. O tempo todo somos conduzidos emocionalmente a pertencer a um “clã”, a um estilo, a um modus vivendi, a um modus operandi. Quem não segue as regras tácitas se sentirá excluído deste grupo, ou daquele outro.

Mas excluído como, exatamente? Você já parou pra pensar sobre isso? Não somos realmente forçados a assumir individualidades coletivas – fazemos isso voluntariamente, imaginando que se não o fizermos seremos rejeitados, não aceitos, ou deslocados. Isso não lembra o tempo em que…. Pois é, esse comportamento é aprendido na adolescência, que é quando nos enquadramos em determinados estereótipos para pertencer à tribo x ou y. Seguir as regras de um grupo faz sentido quando estamos buscando pares não pelo prazer da companhia, mas pela necessidade de validação, para descobrir quem somos no mundo “lá fora” – agora que deixamos de ser crianças, mas ainda não somos adultos. Só que pode acontecer de a adolescência passar e o comportamento permanecer o mesmo na fase adulta, por já ter sido automatizado e nunca questionado.

E então, mundo adulto à vista, nem sempre nos lembramos de assumir o leme do nosso próprio barco e seguimos navegando no barco dos outros, ainda com o receio antigo de uma suposta exclusão. Mas veja: se acreditamos que seremos excluídos ao sair de um certo padrão, estamos, sem perceber, fazendo conosco exatamente o que temíamos que outros fizessem: nos excluindo, e do único lugar de onde jamais deveríamos sair – de dentro de nós mesmos e da nossa originalidade. Começamos a valorizar códigos emprestados e acabamos perdendo o foco e a percepção do que realmente importa e faz sentido para nós.

E então eu corro o risco de, por exemplo, seguir uma profissão que nada tem a ver comigo, por influência de terceiros. O resultado desse único exemplo já pode trazer muita dor de cabeça. E quando estamos completamente perdidos numa vida que não escolhemos, as fichas podem cair e então conseguimos perceber que ainda dá tempo de corrigir o rumo fazendo escolhas que são realmente parecidas com o que queremos de verdade, com o que faz sentido pra nós, com o que é capaz de restabelecer nosso ânimo.

motivacao no trabalho importancia dicas como criar sua
Que mudanças tornariam meus dias mais felizes?

E como saber se estamos seguindo padrões dos outros e não os made in eu?

Aqui vão 7 evidências:

1 – A sensação ao acordar é sempre de cansaço, desânimo e às vezes até de angústia e opressão;

2 – Ao longo do dia sentimos vários episódios de vazio, como se faltasse alguma coisa;

3 – Não temos vontade ou energia para nos divertir em fins de semana;

4 – A vida parece não ter sentido;

5 – Falta bom humor e pequenas coisas podem nos irritar muito;

6 – Sono excessivo ou insônia;

7 – Descaso com a saúde, com a alimentação e perda ou ganho de peso. Falta motivação para praticar atividade física;

8 – A produtividade e a criatividade parecem estagnadas.

Caso você esteja fisicamente saudável e esses sinais não tenham justificativa médica, repense sua vida: o que eu gostaria que fosse mais parecido comigo? Que mudanças tornariam meus dias mais felizes? Como posso gostar mais de quem sou? Será que estou insatisfeito com meu emprego ou profissão? Do que eu tenho medo? O que realmente me motiva? Como eu era antes? O que mudou? Que necessidades estou deixando de lado na área pessoal, profissional, afetiva, social? Quais coisas gosto e deixei de fazer? Por quê?

Essas perguntas vão acender muitas luzes e pistas!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Conheça as vantagens e desvantagens do outsourcing

Empowerment: O Que é, sua Importância nas Empresas e Exemplos

Dinâmica de Apresentação: Como Fazer, Dicas e Exemplos Práticos

Diagrama de Ishikawa: Guia Completo Passo a Passo

O Carnaval chegou… todo cuidado é pouco!

AFINAL, EXISTE UM MODELO DE CORPO PERFEITO?

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.