Negócios Lucrativos: Lista com 15 Ótimas Ideias para 2019

negocios lucrativos lista 15 otimas ideias para 2019

Apostar em negócios lucrativos é o sonho de muitos brasileiros.
Há diversas pesquisas que comprovam: o potencial empreendedor no Brasil é alto – e inclusive superior a países desenvolvidos.
A pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), de 2017, mostrou que 36 em cada 100 brasileiros adultos são empreendedores.
Outra pesquisa, realizada pela Universidade Técnica de Munique (TUM) em parceria com Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostrou que os brasileiros possuem um altíssimo potencial empreendedor.
Batizado de Amway Global Entrepreneurship Report (AGER), o levantamento revelou que, entre os entrevistados, 84% têm uma atitude favorável ao empreendedorismo e 59% se imaginam abrindo o próprio negócio.
Seja qual for o seu caso, o primeiro passo é encontrar ideias de negócios lucrativos.
Por isso, preparamos este guia especial cheio de dicas para você ingressar no empreendedorismo com a mentalidade certa e a estratégia perfeita para crescer de forma sustentável.
Ficou interessado?
Então, que tal começar 2019 como dono do seu próprio negócio?

O que é um negócio lucrativo?

negocios lucrativos o que e
Um negócio lucrativo é aquele empreendimento que resulta em lucro para o empresário.
O lucro é uma expressão que deriva do termo latino lucru.
Em seu sentido mais amplo, diz respeito a todo ganho ou vantagem obtidos por alguma pessoa ou grupo de pessoas.
No mundo empresarial, o lucro é definido como o retorno positivo de um investimento, depois de deduzir os gastos.
Ao fim do mês, a empresa soma todos valores que entraram no caixa, devido à venda de produtos ou à prestação de serviços, por exemplo, e deduz todos os custos, seja com folha de pagamento dos funcionários, fornecedores, energia elétrica, aluguel, impostos, taxas, etc.
O valor que sobra, quando essa conta termina, é o lucro do negócio.
É possível calcular a taxa de lucro de determinado negócio, também conhecida como lucratividade, para entender quais negócios são mais lucrativos.
Para fazer esse cálculo, basta dividir o lucro mensal de um negócio pelo faturamento e multiplicar por 100 para se chegar ao número percentual.
Por exemplo: se a sua empresa teve lucro mensal de R$ 10 mil reais e vendeu R$ 80 mil nesse período, divide-se 10.000 por 80.000 e se multiplica o resultado por 100.
O resultado será de 12,5%, o que indica a lucratividade do negócio.
Quanto maior esse número, mais lucrativo é o seu negócio.

Como posso ter um negócio lucrativo sem investir muito dinheiro?

negocios lucrativos como posso sem investir muito dinheiro
Agora que você já sabe identificar um negócio lucrativo, vem a missão mais complicada: possuir um negócio lucrativo sem investir muito dinheiro.
É preciso ter em mente, porém, que escolher o negócio no qual você vai investir não depende apenas da sua lucratividade.
São vários critérios a considerar antes de amadurecer a ideia de abrir uma empresa.
Em seu livro Guia prático – Como abrir seu próprio negócio (Editora Nobel, 1999), o autor David Bangs Jr. cita várias perguntas que precisam ser respondidas pelo futuro empreendedor.
São elas:

  • Quanto dinheiro você pode investir?
  • Você pode atrair outros investidores?
  • O que você sabe fazer bem?
  • O que gosta de fazer?
  • O que gostaria de estar fazendo daqui a cinco anos?
  • Que tipo de retorno espera ter?

Respondendo a essas questões, você vai ter a oportunidade de refletir sobre que tipo de negócio pretende assumir, com os impactos que isso trará para a sua vida pessoal, para a vida profissional e para o seu futuro.
Para encontrar negócios lucrativos que demandem baixo investimento, uma das alternativas mais comuns no mercado brasileiro é aderir a alguma franquia.
Comprando uma franquia, você paga para ter direito a explorar uma marca, produto ou serviço, recebendo toda a expertise dessa empresa.
A cada ano, mais brasileiros tomam essa decisão.
Números da Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostram que o faturamento das franquias alcançou R$ 163 bilhões em 2017, um crescimento de 8% em relação a 2016.
Já existem mais de 145 mil unidades franqueadas no Brasil.
Em 2001, esse número era de apenas 51 mil, o que ajuda a dar a dimensão desse crescimento.
Entre as franquias, há opções desde multinacionais de fast-food, com investimento inicial de R$ 500 mil, até empresas de limpeza domiciliar, cujo investimento inicial não passa de R$ 15 mil.
As franquias são uma ótima ideia para quem está buscando opções para empreender, mas seja qual for o seu objetivo, não há mágica para encontrar um negócio lucrativo com baixo investimento: é preciso pesquisar o máximo possível.
Desconfie, busque referências e não tenha pressa para tomar a sua decisão.

O que significa empreendedorismo?

negocios lucrativos o que significa empreendedorismo
Você já parou para se perguntar, na prática, o que significa empreendedorismo?
O termo empreendedorismo deriva da expressão francesa entrepreneur, que pode ser traduzida como “aquele que está entre”, uma espécie de intermediário.
No Brasil, é comum que o papel do empreendedor seja simplificado ao do empresário, mas é importante entender que empreender vai muito além de simplesmente possuir um negócio.
No livro Empreendedorismo (Editora IESDE Brasil, 2012), os autores Evandro dos Reis e Álvaro Armond utilizam a definição do renomado estudioso do empreendedorismo Roberto Hisrich para abranger toda o significado do termo.
Hisrich escreve que empreendedorismo é “o processo de criar algo diferente e com valor, dedicando o tempo e o esforço necessários, assumindo os riscos financeiros, psicológicos e sociais correspondentes e recebendo as consequentes recompensas de satisfação econômica e pessoal”.
Em uma explicação mais simplificada, o empreendedorismo pode ser definido como um processo que busca a implementação de novos negócios ou mudanças em empresas já existentes.
É por isso que o ato de empreender não significa necessariamente abrir uma empresa.
É possível empreender em organizações já existentes, por meio da idealização e execução de projetos internos, geralmente relacionados à inovação e com certa dose de risco.

Lista de 15 ideias de negócios lucrativos para 2019

negocios lucrativos lista 15 ideias para 2019
Agora que você já sabe identificar um negócio lucrativo e está por dentro do conceito de empreendedorismo, chegou a hora de considerar algumas possibilidades para entrar em 2019 dono da própria empresa.
Acompanhe as dicas:

1. Coaching: Torne-se um coach em 2019

O coaching é o processo de desenvolvimento de uma pessoa ou grupo de pessoas, para aproveitar todo o potencial e melhorar o desempenho na vida profissional ou pessoal.
Com encontros periódicos presencialmente ou pela internet, o coach presta uma espécie de consultoria para que o cliente obtenha crescimento.
Mesmo com a crise econômica, o aumento do desemprego e a recessão, a área do coaching tem crescido muito nos últimos anos.
Prova disso é que, nos últimos quatro anos, o coaching cresceu mais de 300% no Brasil.
Os dados são da International Coach Federation (ICF).
Na SBCoaching, a procura por treinamentos para formar novos coaches subiu 65% nesse período.

Quanto ganha um coach?

Talvez você esteja interessado em ser um coach, mas está em dúvida se vale a pena investir nessa área.
Afinal, quanto ganha um coach?
Embora o custo de uma sessão de coaching possa variar de acordo com o perfil do coach e do cliente, é possível delimitar um valor médio entre R$ 200 e R$ 500 para cada sessão.
Em geral, é contratado um pacote de sessões, e não sessões individuais.
As sessões costumam ocorrer a cada quinze dias ou, então, semanalmente.
Nesse caso, um coach que tem apenas um cliente com duas sessões por mês pode receber entre R$ 400 e R$ 2000 no final do mês.
Agora, se o coach tiver clientes suficientes para duas sessões por dia útil e cobrar R$ 200 por cada uma delas, receberá R$ 8,4 mil ao final do mês, considerando um mês com 21 dias úteis.
Tentador, não é mesmo?

Formação em coaching SBCoaching

Atenta ao crescimento dessa área e do interesse pelo coaching, a Sociedade Brasileira de Coaching (SBCoaching) oferece várias oportunidades para quem está começando na área.
O primeiro passo para o futuro coach é cursar o Personal & Professional Coaching.
Esse curso de coaching apresenta ao aluno toda a base teórica do comportamento humano, e também ensina as melhores técnicas de evolução de performance.
O treinamento é completo e contempla a formação básica tanto para o coach que deseja atuar na evolução pessoal como para o coach que vai focar na área profissional.
Mas é claro que as opções não param por aí.
A SBCoaching oferece cursos de Executive Coaching, Career Coaching, Positive Coaching, Mentoring Coaching, Master in Coaching e MBA em Coaching, entre outros que vão atender necessidades específicas de cada futuro coach.

Como se tornar um coach?

Para se tornar um coach, você precisa internalizar essa opção e estar completamente ciente do futuro que está escolhendo.
Na etapa de decisão, é importante buscar o máximo de informações a respeito em publicações de referência, ouvir profissionais que estão há tempo no mercado e entender como funciona a rotina de um coach na prática.
Apenas depois de tomar conhecimento de todos os detalhes dessa profissão você estará apto a seguir em frente e dar os primeiros passos.
Depois de escolher o curso, você vai precisar de dedicação, foco e determinação para continuar na área e conquistar o seu espaço.

2. Importação de produtos para revenda

negocios lucrativos importacao produtos revenda
Devido à taxa de impostos cobrada no Brasil, determinados produtos são comercializados no mercado nacional por um preço até 400% superior ao praticado em outros países, onde a incidência de impostos é menor.
Para quem está atento a essa oportunidade, o mercado de importação de produtos para revenda pode ser uma boa opção.
Em alguns casos, é possível importar e revender de uma maneira que todos saem ganhando: o importador que revendeu e o cliente que vai adquirir um produto por um preço inferior ao praticado no Brasil.
O principal mercado de quem importa, no Brasil, é a China, e praticamente todo o processo ocorre por meio da internet.
Fique atento e pesquise possibilidades de negócios lucrativos nessa área.

3. Ecommerce

De acordo com a pesquisa Webshoppers, de 2018, realizada pela Ebit em parceria com a Elo, o faturamento do setor de e-commerce atingiu R$ 47,7 bilhões em 2017 no Brasil.
Isso representa um crescimento de 7,5% em relação a 2016, quando o setor faturou R$ 44,4 bilhões.
Esses dados, aliados à massificação do acesso à internet no Brasil, ao crescimento do comércio eletrônico em dispositivos móveis e à naturalização das compras online entre a população são indícios de que o setor ainda está longe de interromper o crescimento.
Dedique-se a entender as lacunas ainda não atendidas por esse mercado e considere surfar essa onda de crescimento do ecommerce no país.

4. Agência de marketing digital

negocios lucrativos agencia marketing digital
Foi-se o tempo em que os veículos de comunicação da mídia tradicional detinham o monopólio da informação.
Os dados da Pesquisa Brasileira de Mídia 2016 revelam que a televisão ainda é o meio de comunicação mais utilizado pelos brasileiros quando eles desejam se informar, com preferência de 63% dos usuários.
Em seguida, aparece a Internet, com 26%, muito à frente do rádio, com 7%, e do jornal, com 3%.
Essa mudança de paradigma mostra as forças da internet como formadora de opinião e propulsora de informação.
Agências de marketing digital são especializadas em rentabilizar com esse mercado e são capacitadas para entender a melhor forma de investir nesse segmento, a fim de garantir visibilidade para os seus clientes.
É um mercado em franco crescimento, cujo potencial ainda está longe de ser completamente aproveitado.

5. Manutenção e reparo de Smartphones

O Brasil tem mais de um smartphone ativo por habitante.
Hoje o país conta com 220 milhões de celulares inteligentes ativos, de acordo números da 29ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, conduzida pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) e divulgada em 2018.
Olhe para o seu círculo de convívio social e analise: alguém ainda não possui smartphone?
Isso ajuda a dar uma dimensão da representatividade desse mercado nos dias atuais.
Quem possui um smartphone vai precisar, em algum momento, fazer uma manutenção do dispositivo, seja por deixar o aparelho cair e a tela trincar ou por problemas técnicos decorrentes do uso constante.
Com um trabalho qualificado, você pode se destacar nesse segmento ao abrir um negócio lucrativo, capaz de ganhar um mercado que tende a crescer cada vez mais.

6. Energia Solar

negocios lucrativos energia solar
Embora o Brasil receba incidência de raios solares mais de 3000 horas por ano, a geração de energia fotovoltaica ainda é praticamente insignificante no Brasil.
Do total da matriz energética brasileira, menos de 0,75% é produzido através sistemas solares fotovoltaicos, de acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), de 2018.
Isso mostra que ainda há muito espaço para crescer nesse segmento e aproveitar o potencial de geração de energia solar no Brasil.
Considerada uma tecnologia limpa e renovável, porque não polui, não causa desmatamento e nem interfere no meio-ambiente, dependendo apenas dos raios solares, a geração de energia fotovoltaica tem crescido exponencialmente no exterior.
No Brasil, porém, a energia solar ainda sofre com altos custos de instalação e manutenção, além de questões específicas à durabilidade dos produtos.
É a oportunidade para você se especializar no assunto e aproveitar o interesse de quem deseja instalar um sistema de energia fotovoltaica no telhado da sua casa ou empresa.

7. Dropshipping

O dropshipping é uma estratégia de varejo na qual uma loja virtual não mantém um estoque dos produtos que vende.
Em vez disso, quando vende algum produto, essa loja virtual faz a compra do item com um fornecedor terceirizado, que fica com a incumbência de fazer o envio diretamente ao cliente da loja virtual.
No dropshipping, você atua no meio de campo, fazendo o intermédio entre as partes, numa espécie de algodão entre cristais.
É um ramo que tem crescido e se destacado nos últimos anos, porque algumas pessoas consideram que essa é a melhor maneira de vender online.

8. Pintura hidrográfica

A pintura hidrográfica tem se popularizado no Brasil nos últimos anos, principalmente no setor automotivo.
Essa técnica utiliza um tanque de água para estampar diversos tipos de superfície.
Entre os equipamentos que marcam presença frequente em sessões de pintura hidrográfica estão as rodas automotivas.
Isso porque o processo é rápido e praticamente 100% customizado.
Em tempos em que a exclusividade vale muito, possuir uma roda com a estampa que ninguém mais tem pode compensar o investimento, e é por isso que você precisa se manter atento às possibilidades de negócios nesse segmento.

9. Criação de conteúdo online para empresas

negocios lucrativos criacao de conteudo online para empresas
Aqui, vale o mesmo raciocínio utilizado para defender o marketing digital, com um agravante: criação de conteúdo diz respeito à informação, enquanto marketing fica, quase sempre, restrito às ações de publicidade.
As empresas que estão presentes nas redes sociais do século 21 já entenderam que é preciso engajar e encantar o cliente para conquistar o seu respeito e a admiração pelo propósito da empresa.
Nesse contexto, contratar uma empresa capaz de criar conteúdo online e de qualidade pode significar um ganho não apenas para o produto, mas também para a marca e os valores da empresa.
Aproveite a tendência que está exposta e transforme-se em um profissional capaz de suprir essas demandas no mundo conectado.

10. Foodtrucks

Muita gente pode imaginar que a onda dos foodtrucks já passou, mas isso vai depender muita da cidade onde você mora.
Na capital paulista, os foodtrucks talvez já sejam vistos como parte do passado, mas, em outras localidades, talvez a febre esteja só começando.
Antes de aderir ao foodtruck, faça uma sondagem para entender se o proprietário do negócio está satisfeito.
Além disso, procure ouvir o feedback de clientes na rua.
Com isso, você ficará sabendo se há espaço para empreender nessa área, ou se o mercado está de fato saturado, como algumas pessoas estudiosas da área afirmam.

11. Infoprodutos

Infoproduto é um produto não tangível, uma informação digital que pode ser vendida ou disponibilizada gratuitamente na forma de arquivo para download na internet.
Fazem parte dos infoprodutos itens como ebooks, apostilas, cursos, vídeo-aulas e aplicativos, entre outros.
Com custo de execução e implementação relativamente baixos, os infoprodutos podem ser uma boa opção para quem deseja um negócio lucrativo gastando pouco.
A principal dica, nesse caso, é buscar um ramo de especialização, para oferecer um conteúdo assertivo – e não genérico – para o cliente.

12. Alimentação saudável

negocios lucrativos alimentacao saudavel
De acordo com levantamentos de entidades que atuam no setor, os produtos orgânicos, produzidos sem o uso de agrotóxicos, movimentam anualmente mais de R$ 3 bilhões no Brasil, com crescimento médio anual de 20%.
Por esse motivo, os alimentos orgânicos estão entre os setores que mais crescem no Brasil.
Mas os orgânicos não são a única opção para quem deseja investir em alimentação saudável.
O mercado é enorme e abrange congelados, fruteiras, lojas especializadas, cursos, alimentos veganos e vegetarianos, além de suplementos naturais.
Faça uma pesquisa na sua área de abrangência para entender o tamanho desse mercado e descobrir o potencial de expansão, porque se trata de uma área em franca expansão no Brasil, onde está se criando um nicho de consumidores bastante preocupados com a procedência dos alimentos.

13. Mercado pet

Já existem hotéis para pets e rações para o consumo pela manhã, à tarde e à noite.
Você também já deve ter ouvido falar nas festas de aniversário para pets, entre outras opções do mercado pet que surpreendem a cada dia.
Do veterinário ao fabricante de casinhas para cachorro, passando pelo distribuidor de ração e a pet shop, o mercado pet tem registrado crescimento no Brasil nos últimos anos, e pode ser uma opção relevante para quem deseja empreender.
Conheça os estabelecimento voltados ao segmento nas suas redondezas e faça uma pesquisa para entender se existe algum potencial inexplorado nesse mercado.

14. Realidade virtual

negocios lucrativos realidade virtual
A realidade virtual é uma tecnologia de interface entre um usuário e um sistema por meio de recursos gráficos 3D ou imagens 360º.
O objetivo da realidade virtual é criar a sensação de presença em um ambiente virtual diferente do real.
Isso pode ser utilizado em games ou em cinemas, entre outras opções de entretenimento.
Mas também pode ser utilizado para treinamento e simulação de ocasiões de combate para militares, por exemplo.
Para empreender, você pode apostar tanto nas experiências diferenciadas para quem não conhece a realidade virtual como no fornecimento de produtos que atendam esse mercado, como os óculos de realidade virtual.

15. Chef em casa

Em vez de se preocupar em comprar ingredientes, cozinhar, servir e lavar, você chama os convidados para o evento e fica descansando enquanto uma equipe faz todo o serviço.
É isso que oferecem os serviços de chef em casa, que podem variar de buffets até pratos menores, como pizzas ou salgados.
Atraídos pela praticidade, muitos consumidores têm escolhido o chef em casa no momento de celebrar um aniversário ou uma formatura, por exemplo.
Outra vantagem do chef em casa é o investimento inicial para abrir o negócio.
São poucas pessoas envolvidas, e geralmente o equipamento se resume aos instrumentos de cozinha, os ingredientes e o aparato para cozinhar e assar.
Com um serviço bem prestado e as referências certas, você pode prosperar nessa área e se tornar um ícone na região na qual você está inserido.

Conclusão

negocios lucrativos conclusao
Se você chegou até aqui, é porque realmente está buscando opções de negócios lucrativos e deseja mudar de vida o quanto antes.
Esperamos que a leitura tenha sido produtiva e que pelo menos tenha sanado algumas dúvidas nessa missão de empreender.
Você já sabe definir o que é um negócio lucrativo, sabe conceituar o empreendedorismo e ficou por dentro de 15 opções para empreender em 2019.
Se você ainda não tomou uma decisão, a nossa dica é uma só: não desista, siga em frente e busque mais conhecimento.
O sonho de empreender só vai se tornar realidade com o seu esforço e dedicação.
Então, o que você está esperando?
É hora de trazer para mais perto o futuro que hoje parece tão distante.
Gostou das dicas? Deixe um comentário.

Comentários

Quem leu este post leu também :)

Empresas familiares: como funcionam, características e como gerir

Economia Compartilhada: O que é, Para que Serve e Exemplos

Administração Estratégica: O que é, Benefícios e Exemplos

Empreendedor individual: O que é, Como Funciona e Como Ser

Empresas B2B: Significado, Características e Exemplos

Business Intelligence: O que é, Exemplos e Aplicações

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.