Perguntas para conhecer uma pessoa: quais e como fazer?

Quais são as melhores perguntas para conhecer uma pessoa?
Se você tem essa dúvida, vai gostar de conferir tudo o que preparamos neste artigo.
Seja alguém tímido ou que deseja saber mais sobre outra pessoa, mas tem dúvidas sobre como começar, escolher as perguntas certas pode ajudar e muito na conversa.
Vamos falar agora sobre essas questões que são chave para esse objetivo, destacar a importância delas e explicar a razão para apostar nesse roteiro.
Boa leitura!

Quais perguntas fazer para conhecer uma pessoa?

Se você realmente deseja conhecer uma pessoa a partir de perguntas, precisa fazer ela falar.
Portanto, é preciso formular questionamentos mais amplos e que estimulem a reflexão.
Mostre o jornalista que existe dentro de você e elabore perguntas que fujam um pouco do senso comum e que não possam ser respondidas de forma lacônica.
Afinal, pauta nenhuma se constrói sem que a fonte desenvolva uma ideia que dê consistência e profundidade ao texto.
Para não assustar a outra pessoa, também é recomendado não fazer uma espécie de sabatina, como se fosse uma entrevista ou um questionário.
Pegue leve e tente desenvolver uma conversa natural, apenas com algumas perguntas pontuais.
Mas se todas essas dicas ainda parecem um pouco vagas e você não sabe bem como começar a sua conversa, não deixe de nos acompanhar até o fim do artigo.

Qual a importância de fazer perguntas para conhecer uma pessoa?

perguntas para conhecer uma pessoa qual importancia fazer
Fazer perguntas é uma excelente maneira de conhecer alguém, porque você incentiva o outro a falar sobre ele mesmo.
Logo, é uma maneira de analisar como vai a autocrítica da pessoa ao se referir a ela própria.
Mas talvez a principal vantagem de usar os questionamentos para conhecer alguém seja avaliar a correspondência nas respostas.
Será que os pensamentos da outra pessoa têm a ver com os seus?
Se sim, há uma excelente chance de criar um vínculo e compartilhar afinidades.
Se não, é um ótimo exercício de tolerância para aprender a lidar com opiniões diferentes e, porque não, aprender com elas.

Como o coaching auxilia no processo de conhecer outras pessoas?

Se a timidez ou outra característica individual atrapalha você no processo de conhecer outras pessoas, é possível trabalhar essas questões, de maneira que essa dificuldade seja superada.
Afinal, sempre dá para evoluir.
Não sabe como? Tente através da metodologia de coaching, líder mundial em desenvolvimento humano.
A partir do autoconhecimento e da maximização de competências comportamentais, você vai se torna capaz de alcançar objetivos com muito mais assertividade.
Maximize seus pontos fortes e aprimore suas fraquezas para chegar onde, até então, podia parecer impossível.

3 dicas para fazer as melhores perguntas para conhecer uma pessoa

perguntas para conhecer uma pessoa 3 dicas para fazer melhores perguntas
Vamos entrar agora nos aspectos mais práticos deste artigo.
Veja as melhores dicas para fazer as perguntas certeiras ao conhecer uma pessoa:

  1. O ideal é fazer perguntas mais abertas, que permitam mais liberdade à pessoa e também que ela não fuja pela tangente, recorrendo a um sucinto “sim” ou “não”
  2. Intercale perguntas mais sérias com outras mais divertidas, para dar uma descontraída e não deixar o clima muito pesado
  3. Prefira questionamentos mais pessoais, que incentivem a reflexão e também forneçam a você informações relevantes.

Exemplos de perguntas para conhecer uma pessoa

Tem medo de chegar em frente à pessoa que deseja conhecer e não saber que perguntas fazer, mesmo depois das nossas dicas?
Veja os exemplos de questionamentos que separamos para você:

Qual é o seu maior sonho?

Saber o que move a pessoa de seu interesse é uma ótima forma de iniciar uma conversa.
Depois do papo mais informal e descontraído, é claro.
Assim, é possível saber quais são as aspirações dela e como ela está se planejando para chegar lá.
Será que o sonho dela é ser bem-sucedida profissionalmente? Fazer uma viagem de volta ao mundo? Constituir uma família com diversos filhos? Abrir o seu próprio negócio? Desenvolver um hobby e ficar famoso por ele?
São inúmeras possibilidades de respostas, mas, quem sabe, vocês não compartilham do mesmo sonho ou podem ajudar um ao outro na realização?
No caso de ser uma entrevista de emprego, por outro lado, essa pergunta pode ajudar o recrutador a identificar se as expectativas futuras do candidato correspondem às da empresa ou ao perfil procurado.

Você se considera uma pessoa feliz?

O conceito de felicidade é relativo, mas saber se uma pessoa se sente feliz com a vida que leva ajuda a entender qual é o significado desse sentimento para ela.
Para alguns, pode ser o equilíbrio entre os negócios e a vida pessoal.
Seja como for, é primordial saber se há uma correspondência nesse sentido para descobrir se existe a possibilidade de serem felizes juntos – caso o intuito seja encontrar o par ideal, evidentemente.
Mas e se a pessoa responder que não se considera feliz?
Bom, daí se abre mais espaço para conversar sobre o porquê disso. O que será que falta para ela atingir a felicidade? Seria uma alma gêmea?
Novamente, caso se trate de uma conversa profissional, essa pergunta pode ajudar a saber se o funcionário está satisfeito com o emprego e, dependendo da resposta, traçar estratégias para incentivar ou manter a motivação.

Qual é a sua maior paixão?

Perguntar sobre a maior paixão é diferente de questionar sobre o maior sonho.
Enquanto o segundo é uma projeção idealizada do que ainda não aconteceu, a primeira pode ser aquilo que já está presente na rotina da pessoa e move a sua vida.
Muitos têm a sorte ou a competência de trabalhar com suas paixões, aquela profissão que realmente nasceram para atuar, por exemplo.
Outros podem ser apaixonados por um hobby ou colocar a sua família acima de tudo.
Conhecer a paixão de alguém é, sem dúvidas, compreender um pouco mais do outro.

Qual era a sua profissão dos sonhos na infância?

perguntas para conhecer uma pessoa qual era sua profissao dos sonhos infancia
Bombeiro, astronauta, ator, médico, jogador de futebol…
Todo mundo tinha uma profissão dos sonhos quando pequeno.
No entanto, nem sempre esse desejo se mantém na fase adulta ou, por um motivo ou outro, resolvemos seguir caminhos diferentes.
Ainda assim, ter essa informação pode ser muito valiosa para saber, por exemplo, se a pessoa que deseja conhecer é persistente e vai atrás dos seus sonhos, apesar das dificuldades.
Ou se ela costuma mudar de opinião com frequência, se é influenciada pelos outros e decidiu escolher uma carreira seguindo o conselho dos pais.
Enfim, são inúmeras possibilidades que podem vir à tona a partir de uma pergunta aparentemente inofensiva.

Qual foi o acontecimento da sua vida que mais te marcou?

Alguns acontecimentos transformam a vida das pessoas.
A partir deles, podem passar a dar mais valor ao que possuem, amadurecerem mais rápido, serem mais frias ou mais sentimentais.
Tudo depende do que aconteceu e de como foi o processo de absorção e aprendizagem perante essa situação significativa.
Saber essas informações pode dar a você um panorama de como a pessoa em questão reage diante de situações pontuais.
Ou, caso seja um assunto mais delicado, vai mostrar para você pegar mais leve na abordagem.
Independentemente da resposta, se ela for sincera, vai demonstrar também que há um clima de confiança no ar.
Afinal, ninguém abre o jogo para alguém em que não confia minimamente.

Você prefere o dia ou a noite?

Conversar sobre hábitos também ajuda a conhecer melhor uma pessoa.
Perguntar se ela gosta mais do dia ou da noite pode revelar uma série de dados sobre a personalidade.
Caso ela responda que prefere o dia, é um sinal de que é alguém mais disposto e que valoriza bastante o trabalho.
Se a resposta for noite, pode significar que é mais romântico, um pouco tímido e que prioriza mais os amigos que os negócios.
É claro que não existe uma ciência por trás disso, mas pode servir como um parâmetro.
Se o seu interesse for amoroso, é possível ver se existe uma sintonia nos horários ou se há uma incompatibilidade geral.
Caso a conversa seja sobre trabalho e haja uma disponibilidade de escolher qual turno trabalhar, as preferências do candidato podem ser levadas em conta.

Se soubesse que tem apenas mais um dia de vida, o que faria?

Colocar alguém em uma situação extrema pode ser uma ótima forma de conhecer as reais intenções dela.
Ao perguntar o que alguém faria se tivesse mais um dia de vida, é possível saber suas prioridades, aquilo que de maneira alguma poderia ser deixado de lado.
Além disso, daria para saber se a pessoa tem muitos arrependimentos.
Caso ela enumere uma infinidade de coisas para fazer nas últimas 24 horas, é um sinal que até então quase nada do que gostaria foi realizado.

Como escolheu a sua profissão? Se pudesse voltar no tempo acredita que faria a mesma escolha?

A combinação dessas duas perguntas pode mostrar muito sobre o comportamento de uma pessoa.
A resposta pode indicar que ela prioriza o dinheiro à felicidade – caso tenha escolhido uma carreira só pelo retorno financeiro -, ou que ela não tem um pulso firme – se eventualmente optou por uma profissão pela influência de terceiros e, principalmente, se não se arrependeu por isso.
Ou, ainda, nada disso.
Ela pode ser alguém que vai atrás do seus sonhos, que seguiu uma vocação e que mesmo que esteja com dificuldades momentâneas, não mudaria sua decisão se pudesse voltar no tempo.

Para você, o que é o sucesso?

Assim como o conceito de felicidade, o de sucesso também varia de pessoa para pessoa.
Se para você o sucesso é ter um emprego estável, saúde, amigos de verdade e uma família feliz, para o outro pode ser a independência financeira, o carro do ano na garagem, fama, uma casa na praia, nas montanhas, ou nas duas, e por aí vai.
O sucesso é relativo.
Mas entender qual é a definição dele para a pessoa em questão vai dizer muito sobre ela.

Qual é o seu livro ou filme preferido e o que nele mais chamou a sua atenção?

O mundo é feito de histórias inspiradoras que chegam das mais diferentes formas e nos marcam das maneiras mais distintas.
Um livro que lemos ou um filme que assistimos podem chamar a nossa atenção e mudar nossas vidas positivamente.
Ao perguntar sobre uma leitura ou uma película favorita, você vai descobrir sobre a sensibilidade da pessoa.
Qual mensagem será que ela conseguiu tirar da história que acompanhou?
Será que você já tinha parado para analisar daquela maneira?
Quem sabe vocês não compartilham das mesmas referências?

Quando está sozinho (a) em casa, sente liberdade ou solidão?

perguntas para conhecer uma pessoa quando esta sozinho liberdade solidao
Algumas pessoas gostam de ficar sozinhas em casa, outras detestam.
Isso pode ter a ver com algum traumático episódio passado de solidão ou com a dificuldade/facilidade de lidar com a sua própria companhia.
Momentos de solitude são ótimos para reflexão e autoconhecimento, no entanto, nem todo mundo pensa assim e encara dessa maneira.
Realizar uma pergunta sobre como alguém se sente quando está sozinha ajuda a demonstrar como é o sentimento de dependência dela em relação aos outros.
Algumas pessoas precisam das outras e condicionam a sua felicidade a terceiros.
Outros encaram o fato de ficar horas somente com a companhia de si mesmos como um ato de liberdade, sem que isso signifique o isolamento completo de outras relações pessoais.

Se encontrasse uma mala de dinheiro em um local abandonado, entregaria para a polícia ou acredita no ditado – achado não é roubado?

Essa pergunta é vital para conhecer o caráter de alguém. Se você quer saber se realmente pode confiar em uma pessoa, esse questionamento não pode faltar.
É possível que, mesmo acreditando que achado não é roubado, ela responda que entregaria a mala para a polícia. Mas, paciência, você fez o seu papel.
Caso ela diga, de fato, que o que vale é o ditado, acreditamos que a chance de o relacionamento dar certo, seja amoroso ou profissional, acaba sendo pequena.
Afinal, como você vai confiar em alguém que tomaria uma atitude tão questionável?
Quem garante que ela não pode fazer algo similar com você?

Se você pudesse ter uma conversa com qualquer pessoa, incluindo aquelas já falecidas, quem seria?

Ao longo da vida, algumas pessoas acabando servindo como referência para a formação do nosso caráter ou simplesmente dão algum toque que levamos para sempre.
Pode ser um amigo, um parente, um colega de trabalho ou uma pessoa que um dia foi importante em sua trajetória, mas que hoje não está mais tão presente.
Saber com que pessoa o sujeito que você deseja conhecer melhor gostaria de conversar mais uma vez, certamente, vai revelar informações importantes sobre ele.

Quais são as suas maiores qualidades?

Se você quer conhecer uma pessoa, nada melhor do que ouvir o que ela tem a dizer sobre as suas qualidades.
Até para saber se ela vai ser sincera ao enumerar os seus principais pontos positivos.
Os dados recolhidos aqui são válidos tanto para fins pessoais quanto para profissionais, mas é claro que algumas competências podem ser vitais para uma área e não para outra.
Liderança, trabalho em equipe, visão sistêmica e sinergia são habilidades importantes para o ambiente organizacional.
empatia, autoestima, iniciativa e flexibilidade podem ser muito bem-vindas em um relacionamento amoroso, por exemplo.

Quais são os pontos da sua personalidade que você acredita que precisem ser melhorados?

Se as qualidades são importantes para conhecer uma pessoa, as fraquezas ou pontos de melhoria também são igualmente fundamentais.
É a hora de perceber se o outro tem a autocrítica necessária para reconhecer suas eventuais fragilidades e verificar o quanto isso pode impactar nas suas percepções.
Não é o momento de julgamentos e sim de compreensão e reconhecimento do exercício feito pela outra pessoa.
Nem sempre é uma tarefa fácil se expor dessa maneira.

E você? Como se conhecer melhor?

perguntas para conhecer uma pessoa voce melhor
Ao realizar as perguntas para conhecer uma pessoa, você também pode refletir sobre como seriam as suas respostas, especialmente aquelas mais introspectivas, que exigem que se vá mais fundo em suas emoções e sentimentos.
É uma forma de buscar autoconhecimento, embora não seja a única, como veremos agora.

O coaching como ferramenta para desenvolver o autoconhecimento

A metodologia de coaching é uma alternativa para quem deseja olhar para si com mais atenção e permitir o próprio desenvolvimento.
Tudo isso a partir de técnicas e ferramentas que contam com embasamento científico e que permitem desenvolver e aperfeiçoar competências comportamentais que vão fazer a diferença na sua rotina.
Ao maximizar certas capacidades que você já possui, é possível fazer com que algumas fraquezas sejam suprimidas e suplantadas.
Quer contar com todos esses benefícios? Conheça a rede de soluções oferecidas pela SBCoaching.
São cursos completos, com abordagens variadas e com certificação internacional – disponíveis para pessoas de qualquer idade, vale dizer.
Pronto para dar o primeiro passo? Só depende de você ir além e descobrir sua melhor versão.

Conclusão

perguntas para conhecer uma pessoa conclusao
Gostou dos exemplos de perguntas para conhecer uma pessoa que trouxemos neste artigo? Alguma em especial chamou a sua atenção?
Não se veja obrigado a usar todas elas – você não precisa ser exatamente um entrevistador.
Elas são apenas sugestões que servem para inspirar. Nada impede, inclusive, que você adapte o seu próprio roteiro.
O importante mesmo é avaliar os questionamentos como uma alternativa para conhecer uma pessoa de maneira mais profunda.
E vale até mesmo fazer esse exercício em frente ao espelho, oportunidade na qual o sujeito entrevistado é você mesmo.
Se o artigo ajudou, aproveite para compartilhar nas redes sociais!

Comentários

Quem leu este post leu também :)

Entenda o que é sincericídio e como ele pode afetar sua vida

Descubra a importância de desenvolver a autoaceitação

Aprenda cinco dicas práticas de como desenvolver o autocontrole

Entenda as diferenças entre eficiência e eficácia

Aprenda a desenvolver o equilíbrio emocional

Aprenda a fazer um planejamento semanal e otimize seus resultados

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.