Setembro amarelo: uma reflexão sobre a depressão, o suicídio e o coaching como apoio no tratamento

Setembro amarelo, a origem!

O mês de setembro é o mês escolhido para a conscientização sobre a prevenção do suicídio.

No Brasil, a campanha do Setembro Amarelo foi criada em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), com a proposta de associar a cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio (10 de setembro).

No mundo todo, estima-se que aconteçam 800.000 suicídios por ano, uma estatística alarmante que nos lembra da depressão*, que muitas vezes é a principal causa do suicídio.

Você sabia que, segundo um estudo feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão será a doença número 1 do mundo até 2030?

A depressão também será a doença que mais vai gerar mais custos econômicos e sociais devido aos gastos com tratamento para a população e à perda de produção.

Coaching no apoio à saúde mental

A depressão é uma doença que requer uma abordagem especializada, com intervenção psiquiátrica e/ou psicoterapia.

Coaching não é terapia e, por isso, não oferece a possibilidade de cura a nenhuma doença, como depressão, ansiedade ou estresse.

Por outro lado, este é um método que conta com embasamento científico e, por suas características, pode ajudar na evolução do indivíduo.

O processo de coaching parte do autoconhecimento para que o indivíduo identifique seus pontos fortes e fracos.

A partir daí, o coach ajuda na formatação de um plano de ação, que prevê o desenvolvimento de competências e habilidades para que os objetivos, definidos pelo coachee, sejam realizados.

Todos têm sonhos, mas a realização dos mesmos pode ser atrapalhada por variados pontos de bloqueio, vindo de terceiros ou de nós mesmos. Quando isso acontece, vem a frustração.

Para o indivíduo que tem predisposição a se abalar com o fracasso, este pode ser um cenário perigoso. É dessa forma, então, promovendo o autoconhecimento e gerando uma necessária reflexão sobre o próprio comportamento, que o coaching pode atuar como um apoio.

Alguns dos benefícios que o processo de coaching pode oferecer:

  • Ajuda a identificar problemas, obstáculos e bloqueios pessoais e profissionais;
  • Propicia autoconhecimento e autoconfiança, aumentando o equilíbrio e a harmonia interiores;
  • Auxilia na gestão do estresse;
  • Provê ferramentas para aprimorar a comunicação interpessoal;
  • Melhora o foco, o planejamento e a administração do tempo;
  • Aumento da realização e da satisfação pessoal e profissional;
  • Aumento do equilíbrio e da harmonia interior;
  • Melhoria na qualidade de vida;
  • Aumento de congruência interna e externa;
  • Aumento de disposição, energia e saúde;
  • Elevação da autoestima.

É importante reiterar que o processo de coaching não substitui nem elimina a necessidade de buscar um tratamento especializado para as patologias da mente. Nestes casos ele pode atuar apenas como um apoio.

*Para saber mais sobre o movimento Setembro Amarelo, acesse: https://www.setembroamarelo.org.br/

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Demonstrações físicas de afeto: Como a falta dessas demonstrações pode prejudicar o seu bem-estar na pandemia

Entenda o que é sincericídio e como ele pode afetar sua vida

Aprenda cinco dicas práticas de como desenvolver o autocontrole

Entenda como identificar e tratar as doenças psicossomáticas

Saiba como planejar e tirar um ano sabático

Aprenda a desenvolver inteligência emocional no trabalho

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.