Ter sucesso é arte ou ciência?

Ter sucesso é arte ou ciência?
Ter sucesso é arte ou ciência?

Todos os leitores que me acompanham sabem que tenho predileção pessoal por debater sobre o “sucesso”. O interesse nasceu de trabalhos que desenvolvi e apresentei a diferentes fóruns, explorando paradoxo associado a que grande parte de ex-coachees relatam a experiência em Coaching como sendo de “sucesso” quando apenas pequena parte deles plenamente alcançou as metas inicialmente definidas.

Encontrei evidências de que a visão (percepção) de “sucesso” não implica, necessariamente, em “alcançar plenamente as metas tangíveis “.

Pois bem, recentemente li um texto explorando o conceito de que “sucesso é uma ciência”. Alguém já chamou de arte. Imediatamente, busquei explorar o assunto, a partir das premissas associadas, assumindo que há certa consistência que pode ser identificada no jeito de ser e de agir das pessoas tidas como bem-sucedidas. Será verdade que se aplicarmos os hábitos e a maneira de agir de profissionais de ponta, iremos atingir nossas metas?

No livro best-seller Psychocybernetics, o Dr. Maxwell Maltz debate o tema partindo da hipótese de que nossas ações são o resultado de nossos hábitos. Considerando que são as ações que nos levam a alcançar resultados, o autor acredita ser possível assumir que os hábitos estejam diretamente relacionados aos resultados obtidos. De acordo com Maltz, se quisermos mudar resultados deveremos construir novos hábitos, ou seja, alterar o que se faz automaticamente, acabar com aquela programação fincada na mente inconsciente.

Essa programação de nossos hábitos, muito provavelmente, é bem antiga e foi incoporada ao cotidiano sem questionamentos (até porque, normalmente, começam a existir quando se é bastante jovem). O cenário torna-se mais crítico quando existem carências ou crenças que nos fazem ter resultados limitados. Como então mudar isso para atingir conquistas incríveis, aquilo que estará muito próximo do conceito mais amplo de “sucesso”?

Tudo começa pelo objetivo claro e mensurável, aquele que a pessoa está bastante motivada a alcançar. Quando esse objetivo é mensurável, ela saberá exatamente quando é atingido. Certamente, espera-se que esse objetivo não esteja limitado sob qualquer hipótese e, especialmente, seja perseguido com a “determinação dos apaixonados”. Outro detalhe importante é assumir o objetivo sempre no tempo presente, pois isso trará uma força maior para que seja concretizado. Jogar para o futuro é distanciar o objetivo e enfraquecer a ação.

Uma dica do autor é manter o objetivo escrito em um papel, guardado em sua carteira de dinheiro ou documentos.

Conviva com o objetivo, sinta-se constantemente estimulado pelas perspectivas que ele lhe apresenta.

Lei e reflita constantemente sobre ele. Acima de tudo, entenda que essa companhia é a chave para a sua felicidade e conquista do “sucesso”.

Passe a associar as suas ações com a consecução do seu objetivo e evite aquelas que sejam contraditórias. Trabalhe para abolir os hábitos cotidianos que estão boicotando esse objetivo e assuma aqueles que podem contribuir com os novos caminhos. Quando houver a sensação de frustração, avalie se o sentimento não está associado com a velha programação que quer se manter viva e ativa.

Finalmente, entenda que “ter sucesso” nem significa praticar arte e ou exercitar ciência, mas apenas adotar a capacidade de assumir suas decisões, incorporar as ações necessárias e seguir essa ordem de comando até o fim. Sem dúvida, hesitação ou medo. Com firmeza, vontade e um sonho de conquista presente.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Conheça as vantagens e desvantagens do outsourcing

Empowerment: O Que é, sua Importância nas Empresas e Exemplos

Dinâmica de Apresentação: Como Fazer, Dicas e Exemplos Práticos

Diagrama de Ishikawa: Guia Completo Passo a Passo

O Carnaval chegou… todo cuidado é pouco!

AFINAL, EXISTE UM MODELO DE CORPO PERFEITO?

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.